mulher

Veja o café da manhã da dieta de Rafa Kalimann e 2 itens que ela excluiu

rafa kalimann bbb 0420 1400x800
Globo/Artur Meninea

Recentemente, a blogueira Rafa Kalimann usou a ferramenta Stories do Instagram para revelar que deu início a um processo de emagrecimento com a dieta cetogênica, alimentação que é focada em gorduras e exclui boa parte dos carboidratos. Agora, ela terá de deixar de lado alguns alimentos dos quais gosta – e já mostrou a primeira refeição que fez dentro do novo plano alimentar.

Dieta de Rafa Kalimann

Café da manhã que mata fome

Na rede social, Rafa publicou vídeos falando sobre a nova dieta, que ela começou recentemente e sob acompanhamento médico. Neles, ela afirmou que o processo de emagrecimento começou com a dieta cetogênica, e a primeira refeição já foi dentro dos padrões propostos por ela – ou seja, altos teores de gordura e proteína e pouca ou nenhuma quantidade de carboidrato.

No café da manhã que mostrou nos vídeos, a blogueira comeu ovos mexidos com tomates, espinafre e queijo acompanhados por um suco verde – opção que mata a fome sem engordar devido à grande quantidade de proteínas e fibras e baixa quantidade de calorias.

Itens excluídos

De início, ela ficou desapontada com a quantidade, mas disse que estava saboroso e questionou o restante da dieta, revelando dois itens que foram excluídos do cardápio. “Será que eu vou ficar estressada sem açúcar e sem carboidrato?”, disse.

Instagram

Dieta cetogênica: o que é?

A dieta cetogênica foca em colocar o corpo em estado de cetose, que, segundo a nutricionista funcional Patrícia Davidson, ocorre quando o corpo transforma as gorduras ingeridas em ácidos graxos e corpos cetônicos que, em seguida, viram fonte de energia para o organismo funcionar ao longo do dia. “Esse estado de cetose ocorre quando estamos em jejum ou em uma dieta com baixa quantidade de carboidratos”, diz.

Sendo assim, esta dieta é rica em gordura, moderada em proteínas e pobre em carboidratos. Segundo a endocrinologista Lorena Lima, do Amato Instituto de Medicina Avançada, ela é, geralmente, composta por cerca de 75% de fontes de gorduras boas, de 15 a 20% de proteínas e de 5 a 15% de carboidratos (priorizando os de baixo índice glicêmico, como os integrais, por exemplo).

emagrecer barriga cintura fita 0919 1400x800
Nativania/Shutterstock

Neste esquema, entram alimentos como carne vermelha, carne de porco, frango, peixes, ovos, azeite, óleo de coco, maionese, embutidos, bacon, manteiga, coco, laticínios, verduras, legumes, grãos e oleaginosas – tudo, é claro, nas quantidades estipuladas por um especialista com base nos objetivos da pessoa e nas particularidades do organismo dela.

A ideia, no caso, é comer de forma fracionada, fazendo de cinco a seis refeições por dia, e a média de emagrecimento, segundo Patrícia, é de 5 a 8 kg por mês, algo que pode aumentar caso a dieta seja associada à prática de exercícios físicos. A cetogênica, porém, não é para todos, e alguns fatores relacionados à ela tornam o acompanhamento médico absolutamente indispensável.

bacon ovos dieta cetogenica 0916 1400x800
Timolina/Shutterstock

Apesar de popular e claramente eficaz no objetivo de perda de peso, a dieta cetogênica é eleita há vários anos como uma das piores pelo ranking do veículo norte-americano “U.S. News & World Report” devido às restrições impostas por ela, o nível de planejamento que ela requer (algo que a torna difícil de ser seguida) e também pelo fato de que, durante o início da dieta, o corpo fica fraco para fazer exercícios físicos.

É por isso que, segundo as especialistas, não é recomendado começar a dieta sem acompanhamento profissional e nem fazê-la durante um período maior do que trinta dias, já que o corpo se acostuma com os hábitos e o emagrecimento tende a desacelerar, tornando todas essas restrições “inúteis”. Além disso, diabéticos, hipertensos, portadores de problemas renais, gestantes, idosos e crianças não devem fazer.

dieta cetogenica alimentos 0918 1400x800 0
Yulia Furman/shutterstock

Dietas dos famosos