explore

Truque de Giovanna Antonelli para matar o coronavírus viraliza, mas é perigoso

Na última semana, viralizou nas redes sociais um "truque" da atriz Giovanna Antonelli para acabar com o novo coronavírus após manusear superfícies como botões. A ideia é prender um clipe em um isqueiro com uma fita isolante. Na hora que for preciso pressionar o andar do elevador ou os números de uma maquininha de cartão, basta fazer isso com o clipe e, depois, acender o isqueiro para "queimar" o vírus.

A dica, porém, é totalmente contraindicada, segundo a infectologista Cristhieni Rodrigues, do Hospital Santa Paula, de São Paulo. "Essa dica não é segura. Estamos em uma época em que existe álcool em gel em todos os lugares, e as pessoas estão passando álcool nas mãos o tempo todo. Se você ficar acionando o isqueiro, o fogo pode pegar um resíduo de álcool que estiver perto e se espalhar."

Fogo pode não acabar com o vírus

chama fogo 1400x800 0720
rbkomar/Shutterstock

Além do risco de o fogo se espalhar, a especialista explica que não se sabe ainda qual temperatura seria necessária atingir para matar o novo coronavírus nem quanto tempo de exposição a essa temperatura seria preciso. "Não se deve utilizar nada com fogo para esterilizar ou fazer qualquer tipo de desinfecção."

Cristhieni alerta que o número de pacientes com queimaduras no corpo, especialmente nas mãos, tem aumentado estes meses por conta da maior utilização do álcool em gel. "Às vezes, a pessoa passa o álcool na mão e vai ligar o fogão para cozinhar ou acende um cigarro e aquela chama atinge sua mão e provoca queimaduras de 2º e até de 3º grau."

O que fazer após manusear superfícies

lavar maos 1400x800 0720
HollyHarry/Shutterstock

A resposta para o que fazer depois de tocar nas coisas é bem simples: higienizar as mãos logo após tocar qualquer superfície.

"Lavando com água e sabão ou utilizando álcool em gel, e tentar buscar alternativas para tocar a menor quantidade possível de superfícies, como realizar pagamento por tecnologia de aproximação, sem precisar inserir o cartão ou digitar senhas", completa a especialista.

Novo coronavírus