mulher

"Não é grave só para o grupo de risco", desabafa ator que ficou na UTI por COVID-19

Instagram

O ator Juliano Laham voltou a falar sobre o seu quadro de COVID-19. Em entrevista ao “Encontro com Fátima Bernardes”.

Em seu relato sobre a infecção do novo coronavírus, o ator fez um importante alerta à população sobre os perigos do vírus e lembrou que todos estão sujeitos à doença.

Juliano Laham alerta população sobre riscos do COVID-19

Instagram

Recentemente, Juliano publicou um relato, em seu Instagram, falando sobre a contaminação com o Sars-CoV-2.

Segundo o ator, devido a complicações da COVID-19, foi necessária uma internação na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) porque já que 70% dos pulmões do ator foram comprometidos.

Além do coronavírus, Juliano também foi diagnosticado, simultaneamente, com um quadro de miocardite viral.

Já curado e em casa, o ator deu mais detalhe sobre suas percepções do episódio clínico que viveu nos últimos dias.

“Vou ser bem sincero: nesta situação que estamos passando e que é muito triste, dá muito medo. Há risco de vida. Ainda mais com um vírus que está sendo estudado e que não temos uma vacina que possa nos proteger. Mas, na minha cabeça, eu só pensava em coisas positivas e tinha fé”, disse Juliano em conversa com Fátima.

ator juliano laham 0520 1400x800
Reprodução/RedeGlobo

Durante o bate papo, a apresentadora questionou o ator se ele se sentiu surpreso por ter sido acometido pelo vírus e ter passado por complicações da doença, uma vez que não se enquadra no chamado grupo de risco para COVID-19.

Segundo Juliano, a resposta para a pegunta de Fátima é afirmativa e seu caso deve servir de alerta para a população.

“Bastante”, respondeu Juliano. “E foi um dos motivos que me levou a escrever o relato. E conscientizar as pessoas de que não é o pensamento 'ah [só é grave] para quem é o grupo de risco ou só quem é idoso'. não, todos nós estamos sujeitos a passar por isso. Eu sou uma pessoa jovem, saudável e que, infelizmente, passei por isso. Mas, graças a Deus, estou bem. É muito importante alertar as pessoas de que todos correm o risco”, continuou o ator.

Da experiência, Juliano afirma que deve sair uma nova pessoa. “Quero ser um novo Juliano. Ter mais compaixão ao próximo, mais paciência. Enxergar a vida de uma outra forma. Não foi e não está sendo fácil.”

Coronavírus