Corrimento branco: sinais para saber se ele é normal ou indica problema

calcinha
Shutterstock

O corrimento vaginal faz parte do processo orgânico do corpo feminino. Natural, a secreção fisiológica atua na proteção do trato genital e urinário contra infecções, além de contribuir para a autolimpeza da região e lubrificação íntima na hora do sexo.

A secreção vaginal só deve ser fonte de preocupação quando é alterado, apresenta mudanças de cores e odores e se vem acompanhado de dores e desconfortos.

corrimento secrecao vaginal vagina vulva candidiase 0219 1400x800
NAAN / Shutterstock

É normal sair corrimento branco?

O corrimento vaginal esbranquiçado pode ser resultado de diversas condições fisiológicas da mulher, sendo muitas delas condições naturais e saudáveis. Em alguns casos, no entanto, também pode sinalizar infecções ou alergias.

Corrimento normal

O corrimento normal e saudável não possui cheiro, é incolor e possui consistência que lembra a da clara do ovo. É importante ressaltar que, a cada período do ciclo menstrual, seu aspecto pode mudar, diz a ginecologista e obstetra Dra. Flávia Fairbanks.

Corrimento branco leitoso ou pastoso

Quando o corrimento esbranquiçado for pastoso ou parecido com leite talhado pode indicar algum tipo de infecção, especialmente se a secreção possui cheiro desagradável ou provoca dor ao urinar e desconforto nas relações sexuais, explica a ginecologista e obstetra Dra. Mariana Maldonado.

vagina calcinha mulher 0219 1400x800
new africa/shutterstock

Corrimento branco indica doença?

A diferença entre o corrimento branco fisiológico e o anormal é que o segundo apresenta cheiro forte, aparência mais pastosa e, às vezes, é acompanhado de dor. Procurar um ginecologista é fundamental caso a mulher perceba alterações nas secreções vaginais.

Corrimento branco com cheiro ruim

Se acompanhado por cheiro ruim, semelhante ao de peixe podre, o corrimento esbranquiçado pode ser um indício de que a mulher está com vaginose bacteriana, provocada pelo desequilíbrio da flora vaginal.

Neste caso, o cheiro ruim do corrimento se acentua após as relações sexuais sem proteção e durante a menstruação. Isso acontece porque o sêmen e o sangue são alcalinos e aumentam o pH da vagina, liberando substâncias com odor fétido, explica a ginecologista e obstetra Dra. Patricia de Rossi, do Conjunto Hospitalar do Mandaqui.

colica vagina 0219 1400x800
sasha2109/Shutterstock

Corrimento branco e coceira

A cor branca do corrimento, quando acompanhada por coceiras na região íntima, pode sinalizar alergias. O desconforto normalmente ocorre como resultado de rejeição do organismo a produtos como sabonetes, cremes ou até mesmo amaciantes utilizados na lavagem das peças íntimas.

A presença de corrimento esbranquiçado com coceira, além de possíveis alergias, pode ser sinal de um quadro de candidíase.

vagina mulher maos 0119 1400x800
CHAjAMP/Shutterstock

Como tratar o corrimento branco

O corrimento não recebe tratamento, mas sim o quadro de saúde que está gerando este sintoma. Portanto, o primeiro passo é procurar um médico para identificar o que está causando a anormalidade na secreção.

O tratamento e o medicamento indicados para o corrimento, assim como possíveis mudanças nos hábitos de higiene, deverão ser orientados pelo ginecologista e irão depender do agente causador do problema. Alguns remédios são administrados via oral, enquanto outros consistem em cremes vaginais.

De acordo com Dra. Andreia Gozzi, ginecologista do Instituto Lerner, o remédio prescrito pode ser um antibiótico, no caso de bactérias, um antifúngico, para fungos, por exemplo. Em algumas infecções, o parceiro da mulher também toma a medicação.

mulher tirando calcinha 0518 1400x800
BigmanKn/Shutterstock

Corrimento branco na gravidez

O corrimento branco durante a gravidez raramente apresenta qualquer indício de problema de saúde e é resultado apenas de alterações fisiológicas que ocorrem no período. A gestante deve apenas se preocupar se a secreção tiver odor ruim e/ou for acompanhada por dores, ardência ou qualquer outro desconforto na região íntima.

Ter corrimento é normal?