Você tem corrimento branco? Isto é o que seu corpo está tentando te dizer

vagina calcinha mulher 0119 1400x800
Storyblocks

Parte natural do processo orgânico do corpo feminino, a secreção, também chamada popularmente de corrimento vaginal, é um fluido fisiológico que atua na proteção do trato genital e urinário contra infecções, além de contribuir para a lubrificação íntima na hora do sexo.

A secreção saudável tem diferentes características a depende do período do ciclo menstrual. Pode ser inodora e incolor, com consistência que lembra a da clara do ovo no período fértil e apresentar coloração mais esbranquiçadas e densas no período pré e pós menstrual.

No entanto, em alguns casos, o fluido pode indicar algum problema de saúde e deve ser investigado por um médico quando apresenta coloração diferenciada, odor forte ou provoca dores e desconfortos.

Corrimento branco: o que pode ser

calcinha colorida varal 0518 1400x800
Dziurek/Shutterstock

O corrimento esbranquiçado pode ser resultado de diversas condições fisiológicas da mulher, sendo muitas delas condições naturais e saudáveis mas, em alguns casos, também podem sinalizar infecções, ou alergias.

De acordo com a ginecologista e obstetra Mariana Maldonado, o corrimento branco, quando se parece com leite talhado, tem cheiro desagradável ou provoca dor ao urinar e desconforto nas relações sexuais pode indicar algum tipo de infecção, como candidíase, vaginose bacteriana ou tricomoníase.

A cor branca do corrimento também pode estar relacionada a alergias na área. Se a secreção for acompanhada por coceiras, por exemplo, pode ser resultado de rejeição do organismo a produtos como sabonetes, cremes ou até mesmo amaciantes utilizados na lavagem das peças íntimas.

Como saber quando o corrimento indica problema de saúde

calcinha nude 1400x800
Ollyy/ShutterStock

A diferença entre o corrimento fisiológico e o anormal é que o segundo apresenta cheiro forte, cor e, às vezes, é acompanhado de dor. Procurar um ginecologista é fundamental caso a mulher perceba alterações nas secreções vaginais.

É importante destacar que o corrimento em si não é uma doença, mas sim um sintoma de desequilíbrio no organismo, que pode ser desde proliferação anormal de bactérias até infecções sexualmente transmissíveis ou mesmo câncer.

O que você precisa saber sobre corrimento vaginal