mulher

Rapaz se arrepende de recusar vacina após ter 2 pulmões transplantados por Covid

norte americano covid transplante 0721 1400x800
Reprodução/WSB-TV Atlanta

Quando a vacinação contra COVID-19 começou nos Estados Unidos, o jovem Blake Bargatze foi o único da família a optar por não tomar o imunizante. Em abril, porém, ele contraiu o vírus após ir a um show na Flórida – e, mesmo sem comorbidades e aos 24 anos, ele acabou não apenas internado por três meses em estado crítico como também precisou de dois novos pulmões.

Após negar vacina, jovem transplanta pulmões por complicação da COVID-19

Apesar de o número de novos casos da COVID-19 ter caído nos Estados Unidos durante os últimos meses, hospitais ainda têm muitos pacientes em estado delicado – e o jovem Blake Bargatze, de 24 anos, é um deles. Em abril, após se negar a tomar a vacina contra a doença, ele contraiu o vírus durante um evento de aglomeração em local fechado, algo que culminou em um transplante de pulmões.

norte americano covid transplante 3 0721 1400x800
Reprodução/WSB-TV Atlanta

À WSB-TV Atlanta, emissora local, a mãe e o padrasto de Blake se mostraram abalados com o ocorrido, e relataram o motivo pelo qual o jovem não quis se vacinar. “Ele queria esperar alguns anos para ver se existe algum efeito colateral ou algo assim”, disse o padrasto, Paul Nuclo, enfatizando que tudo mudou após o diagnóstico. “Assim que chegou ao hospital, ele desejou ter tomado a vacina”, afirmou.

norte americano covid transplante 1 0721 1400x800
Reprodução/WSB-TV Atlanta

Mesmo sem ter comorbidades com potencial de aumentar a gravidade da doença, Jake desenvolveu complicações preocupantes e segue no hospital. Devido à COVID-19, ele precisou de um transplante duplo de pulmões e, após receber os novos órgãos, está se recuperando com o auxílio de cuidados intensivos. Agora, após ver de perto a gravidade da doença, ele quer ajudar pessoas que pensavam como ele a mudar de ideia.

“Talvez se algumas pessoas estiverem em dúvida, divididas, ele quer que elas vejam o extremo do que pode acontecer”, disse a mãe de Blake, Cheryl Nuclo.

COVID-19