explore

Vacina que Brasil está testando é principal candidata contra COVID-19, diz OMS

coronavirus covid vacina 0620 1400x800 0
Billion Photos/Shutterstock

Entre as buscas por uma vacina contra COVID-19 que seja eficaz e segura, centenas de iniciativas têm se mostrado promissoras e, de acordo com a cientista Soumya Swaminathan, principal cientista da Organização Mundial da Saúde (OMS), a candidata principal é a imunização desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido – uma das duas que está conduzindo testes clínicos no Brasil.

Vacina britânica testada no Brasil é a mais promissora

Nas últimas semanas, foram confirmados os testes de duas possíveis vacinas contra COVID-19 no Brasil, sendo uma de origem chinesa (a CoronaVac) e outra britânica. A segunda, desenvolvida por uma parceria entre a Universidade de Oxford e a biofarmacêutica global AstraZeneca, está sendo testada inicialmente em 2 mil voluntários – e, de acordo com a OMS, ela lidera o grupo das imunizações promissoras.

vacina injecao ciencia 0220 1400x800
PhotobyTawat/Shutterstock

Conforme explicou Swaminathan em uma coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (26), há muita expectativa acerca da vacina em questão. “[Esta vacina] é, provavelmente, a candidata principal, porque já avançou para a fase 2 [de testes]. Nós esperamos ver resultados logo, e eles já estão planejando os testes da fase 3 em muitos e muitos países. É possível que eles tenham resultados logo”, afirmou.

Outra opção promissora

Além disso, ela citou outra vacina - a que está sendo criada pela farmacêutica norte-americana Moderna e também bastante avançada nos testes. Porém, os ensaios realizados com a imunização britânica prometem uma amostragem mais ampla. “A AstraZeneca certamente tem um escopo mais global no momento em termos de onde eles estão planejando [fazer] os testes da vacina” concluiu a cientista.

coronavirus covid 19 0420 1400x800
creativeneko/shutterstock

Vacina contra COVID-19