Dormir mal uma única noite é capaz de impactar sua saúde de 8 maneiras

insonia despertador dormir 0519 1400x800
GoodStudio/shutterstock

Você certamente já sabe que dormir entre 7 e 9 horas por noite é fundamental para a saúde física e mental, mas talvez não esteja ciente de que uma única noite de sono ruim já pode causar grande impacto no corpo e no cérebro. As consequências são alarmantes.

Consequências de uma noite mal dormida

1. Uma única noite mal dormida pode causar impacto na balança e prejudicar o emagrecimento. Quando você dorme pouco, come mais de 300 calorias extras no dia seguinte, aponta um estudo publicado pelo European Journal of Clinical Nutrition. A falta de sono pode afetar hormônios relacionados à fome, o que também poderia contribuir para o ganho de peso.

insonia jovem despertador 0119 1400x800
Sergey Mironov/shutterstock

2. O descanso noturno inadequado ainda pode te deixar mais doente. Isso porque o sono reparador é fundamental para que o sistema imunológico crie um novo contingente de células destruidoras naturais que lutam contra agentes infecciosos e até mesmo cânceres.

3. Ficar sem dormir faz tão mal que aumenta até risco de demência, diz um estudo da Universidade Politécnica de Marche, na Itália. Ou seja, pessoas que dormem menos de seis horas à noite apresentam maiores chances de desenvolver demência, Alzheimer e outros distúrbios neurológicos.

insonia dificuldade dormir 0119 1400x800
tommaso79/shutterstock

4- Além de causar irritabilidade e alterações de humor, uma noite de sono ruim ainda prejudica a memória logo no dia seguinte, dificultando o aprendizado e o processo de fixação de novas informações.

5. Uma única noite mal dormida pode resultar em dores de cabeça e crises de enxaquecas, assim como problemas de visão, que dificultam tarefas simples do dia a dia, como conduzir um carro.

insonia perda sono 0119 1400x800
Photographee.eu/ShutterStock

6. Dormir mal afeta a libido e pode provocar outras disfunções sexuais. Foi descoberto, inclusive, que apenas 1 hora de sono a mais por noite aumenta em 14% o desejo sexual.

7. Dormir pouco aumenta riscos de infarto e AVC, afirma um estudo do Centro Nacional de Pesquisa Cardiovascular em Madri, Espanha. A falta de sono aumenta as chances de acúmulo de placas de gordura nas artérias, uma condição conhecida como aterosclerose, que eleva os riscos das condições.

homem com insonia 1218 1400x800
Photographee.eu/ShutterStock

8. Só uma noite mal dormida já é suficiente para aumentar os riscos de diabetes e desenvolver problemas no fígado, segundo um estudo realizado no Japão. A pesquisa mostra que apenas uma noite de insônia, o equivalente a um déficit de sono de seis horas, pode elevar as chances de sofrer com a doença.

Como combater a insônia sem remédios