Espasmos na barriga podem ser normais ou indicar gastrite, infecção e 4 mais doenças

dor barriga estomago 0219 1400x800 0
BOKEH STOCK/shutterstock

Podem ser definidos como espasmos as contrações musculares involuntárias que, geralmente passageiras, podem ou não ser acompanhados por dores, dependendo da região afetada e da condição que as envolve.

Espasmos musculares na barriga: o que pode ser

A sensação de espasmos musculares na barriga é causada, na realidade, por contrações involuntárias do abdômen, que podem provocar dores e desconfortos e ter diferentes causas.

Acúmulo de gases

O excesso de gases pode provocar espasmos abdominais por obrigar que os músculos se estiquem e contraiam, causando o desconforto.

Esforço excessivo

A realização de exercícios físicos intensos pode provocar fadiga muscular e, consequentemente, causar espasmos na região abdominal.

abdominal exercicios 0918 1400x800
Jacob Lund/Shutterstock

Gastrite

A condição causada pelo enfraquecimento da mucosa que reveste o estômago, que a deixa vulnerável a danos e inflamações, pode ser uma das razões de dores resultantes de contrações na barriga. Queimação, azia, má digestão, náuseas e vômito também são outros sinais comuns de gastrite.

Infecções gastrointestinais

Espasmos do estômago podem ainda ser resultado de infecções na região, especialmente se acompanhados por náuseas, vômitos e diarreia. A liberação de toxinas realizada pelas infecções pode provocar espasmos nos músculos do aparelho digestivo.

peritonite peritonio barriga intestino estomago abdominal abdomen 0219 1400x800
sciencepics / Shutterstock

Intolerância alimentar

Os espasmos abdominais podem ajudar a descobrir se você possui algum tipo de intolerância alimentar. Quando determinados nutrientes não são corretamente absorvidos ou digeridos, podem causar o incômodo, sinalizado pelo aparelho digestivo.

Síndrome do intestino irritável

A Síndrome do Intestino Irritável é uma desordem gastrointestinal que causa dor e/ou desconforto no abdômen e alteração do hábito intestinal, como espasmos, constipação ou diarreia, explica o gastroenterologista Guilherme Andrade, do Centro de Gastroenterologia do Hospital 9 de Julho.

ilusrtracao intestino grosso 0319 1400x800
solar22/Shutterstock

Como evitá-los?

Como a contração na barriga é apenas uma consequência de determinado fator, a prevenção pode ser realizada de acordo com a condição existente. Como os espasmos abdominais costumam surgir por problemas gastrointestinais, manter uma boa alimentação e hidratação do organismo podem ser as primeiras medidas a serem tomadas para evitar o desconforto.

Espasmos