explore

Butantan deve entregar 100 milhões de doses de vacina antes do esperado

covid 19 vacina coronavirus 0720 1400x800
arda savasciogullari/Shutterstock

O Instituto Butantan, em parceria com a fabricante chinesa de medicamentos Sinovac Biotech, está fabricando a Coronavac e, de acordo com o governador de São Paulo, João Dória, o Butantan deve entregar 100 milhões de doses da vacina antes do previsto.

100 milhões de doses de vacina devem ser entregues antes do prazo

Nesta segunda-feira (1°), João Dória participou de uma coletiva de imprensa e atualizou alguns dados sobre a vacinação contra a Covid-19 e a produção das vacinas no Brasil.

Segundo informou o governador, o Instituto Butantan está trabalhando 24 horas por dia, sete dias por semana, para agilizar a produção de mais doses da Coronavac.

sinovac coronavac vacina 1220 1400x800
Rodrigo Paiva/Correspondente/Getty Images

Dória afirmou que, no mês de março, o Butantan deve entregar 21 milhões de doses da vacina e, até 30 de agosto, mais 100 milhões de doses devem ser entregue ao Ministério da Saúde, o que representa um mês antes da data-limite que foi acordada em contrato com o governo federal.

"Até o final de abril, nós estaremos entregando 46 milhões de doses da vacina do Butantã ao Ministério da Saúde. E até 30 de agosto, outros 54 milhões de doses da vacina do Butantã", disse o governador, que ainda completou: "Estavam, originalmente previstos e contratados a entrega dessas 100 milhões de doses até 30 de setembro, mas conseguimos antecipar em 30 dias".

João Dória também falou sobre a chegada de 8 mil litros de insumos para a produção da vacina na próxima quinta-feira (4), quantidade suficiente, segundo o governador, para produzir mais 14 milhões de doses.

"Na quinta-feira desta semana, vamos receber mais oito mil litros de insumos da vacina, vindos da china, do laboratório Sinovac, que mantém o acordo operacional de produção da vacina do Butantã, em conjunto com o nosso Instituto aqui em São Paulo. Isso representa a produção de mais 14 milhões de doses da vacina", disse durante a coletiva.

Dória também informou que mais 900 mil doses devem ser entregues nesta quarta-feira (3). "Na quarta-feira, vamos entregar mais 900 mil doses da vacina já pronta e envasada para o Ministério da Saúde para prosseguir com a vacinação dos brasileiros".

vacinacao covid coronavac vacina 0221 1400x800
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Vale lembrar que, desde o último sábado (27), iniciou-se a campanha de imunização em todo o estado de São Paulo para idosos entre 80 e 84 anos. A partir desta quarta-feira, (3), começa a aplicação em pessoas de 77 a 79 anos.

Vacinação contra a Covid-19