explore

Governo muda regras para uso da segunda parcela do auxílio de R$ 600

auxilio emergencial 600 1400x800 0520
Renato P Castilho/Shutterstock

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber nesta segunda-feira a segunda parcela do auxílio emergencial. Para esse grupo, o pagamento vai até 29 de maio. Depois, entre 30 de maio e 13 junho, o governo vai liberar o saque para os demais grupos.

Aqueles que receberam a primeira parcela dos R$ 600 até 30 de abril e não estão inscritos no Bolsa Família irão receber um crédito pela Poupança Social Digital criada pela Caixa entre os dias 20 e 26 de maio. Neste caso, a movimentação do auxílio emergencial só poderá ser feita digitalmente pelo app Caixa TEM.

2ª parcela tem novas regras

Diferentemente do pagamento da primeira parcela, todos os beneficiários, até mesmo aqueles que já possuíam conta em banco, vão receber a segunda parcela por uma poupança social digital criada pela Caixa Econômica Federal.

Entre os dias 20 e 26 de maio, só será possível pagar contas e boletos através do aplicativo Caixa Tem. Não será mais possível fazer transferências para contas Caixa ou de outros bancos. O beneficiário também poderá realizar comprar com o cartão de débito virtual da Caixa.

Os saques e transferências serão liberados a partir do dia 30 de maio. Quem recebeu a primeira parcela em outra conta terá o valor da poupança digital transferido automaticamente na data de liberação para saque.

caixa tem passos saque 1 1400x800 0420
Reprodução/Caixa/Youtube

Como funciona o cartão de débito virtual

A emissão do cartão de débito virtual é feito gratuitamente pelo aplicativo Caixa Tem. A opção para gerar o cartão aparece logo na primeira página do app.

Com ele, é possível realizar compras pela internet em sites que aceitam a opção de débito. O valor da compra é debitado automaticamente da conta do beneficiário.

Para isso, é preciso informar os dados passados pelo aplicativo. Para cada compra, é gerado um código de segurança. Em cartões normais, esse número é sempre o mesmo. O código só passa a ser igual no caso de comprar recorrentes.

Quando será o pagamento da segunda parcela

Crédito para uso digital na poupança social criada.

  • 20/05: nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21/05: nascidos em março e abril
  • 22/05: nascidos em maio e junho
  • 23/05: nascidos em julho e agosto
  • 25/05: nascidos em setembro e outubro
  • 26/05: nascidos em novembro e dezembro

Calendário para o saque da segunda parcela

Entre 18 e 29 de maio, para beneficiários do Bolsa Família.

  • 18/05: número do NIS terminado em 1
  • 19/05: número do NIS terminado em 2
  • 20/05: número do NIS terminado em 3
  • 21/05: número do NIS terminado em 4
  • 22/05: número do NIS terminado em 5
  • 25/05: número do NIS terminado em 6
  • 26/05: número do NIS terminado em 7
  • 27/05: número do NIS terminado em 8
  • 28/05: número do NIS terminado em 9
  • 29/05: número do NIS terminado em 0

Entre 30 de maio e 13 junho, para quem recebeu na poupança digital

  • 30/05: nascidos em janeiro
  • 01/06: nascidos em fevereiro
  • 02/06: nascidos em março
  • 03/06: nascidos em abril
  • 04/06: nascidos em maio
  • 05/06: nascidos em junho
  • 06/06: nascidos em julho
  • 08/06: nascidos em agosto
  • 09/06: nascidos em setembro
  • 10/06: nascidos em outubro
  • 12/06: nascidos em novembro
  • 13/06: nascidos em dezembro

O governo também informou que vai pagar a primeira parcela do auxílio emergencial para a nova leva de beneficiários aprovados a partir do dia 19 de maio, mas não há informações sobre a segunda parcela garantida a esse grupo.

filas caixas 1400x800 0520
Nelson Antoine/Shutterstock

Auxílio emergencial