explore

Lista dos 100 mais influentes do mundo tem empresária brasileira

joe biden 0921 1400x800
Win McNamee/Equipe/Getty Images

Em mais uma edição cheia de celebridades, ricaços e políticos, a revista norte-americana "Time" divulgou nos últimos dias a mais recente relação das 100 pessoas mais influentes do mundo. Na lista de 2021, nomes como Joe Biden e Elon Musk foram citados – e, em meio a eles, há até uma empresária brasileira considerada uma verdadeira "titã" devido a seu olhar diferenciado para o mundo dos negócios.

Os 100 mais influentes do mundo: destaques

harry meghan archie 0321 1400x800
Toby Melville - Pool/Getty Images

Como todo ano, a revista norte-americana "Time" divulgou recentemente a lista das 100 personalidades mais influentes do mundo e, nela, há uma série de artistas, bilionários e atletas conhecidos mundialmente. De acordo com a publicação, a ideia é exaltar "uma comunidade de líderes cuja energia e o comprometimento podem inspirar outros a agir", e os integrantes finais da lista são eleitos por escolha dos editores.

Em sua 18ª edição, a publicação foi dividida nas categorias "ícones", "pioneiros", "titãs", "artistas", "líderes" e "inovadores", a relação conta, por exemplo, com Harry e Meghan Markle – duque e duquesa de Sussex –, a cantora Britney Spears, a ginasta e medalhista olímpica Sunisa Lee, e o presidente norte-americano Joe Biden.

Empresária é a única brasileira na "Time 100" de 2021

Responsável por comandar a rede Magazine Luiza e outras empresas integradas, Luiza Helena Trajano é a única brasileira a aparecer na lista de pessoas mais influentes do mundo feita pela “Time” em 2021. Na relação, ela surge ao lado de nomes como a estrela da ginástica norte-americana Simone Biles, a roteirista Shonda Rhimes (responsável por séries como “Grey’s Anatomy”) e o jogador de futebol Tom Brady.

Formada em direito, a carreira de Luiza como empresária despontou nos anos 70 quando ela transformou uma pequena rede de lojas de Franca, cidade no interior de São Paulo, em uma grande rede de varejo. Desta forma, nasceu o Magazine Luiza – empresa que, hoje, é uma gigante, e na qual Luiza atualmente ocupa o cargo de diretora-superintendente.

Com uma fortuna avaliada pela “Forbes” em R$ 30,5 bilhões em 2021, Luiza teve seu artigo para a “Time 100” escrito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, nele, foi destacada a afinidade da bilionária com causas importantes para a sociedade especialmente durante a pandemia de COVID-19. Na ocasião, ela abriu espaço para pequenos empresários em sua plataforma – e a atitude foi exaltada por muitos.

“Quando a COVID-19 chegou ao Brasil, matando mais de 580 mil brasileiros e causando uma recessão, o Magazine Luiza ajudou pequenos negócios a se adaptar a comércio digital ao providenciar uma plataforma para que eles vendessem e entregassem seus produtos”, afirma o texto, enfatizando também o papel de Luiza tanto no incentivo à compra de vacinas contra a doença e na luta por igualdade entre os gêneros.

“Além disso, ela também advogou abertamente pela igualdade, criando o Mulheres do Brasil, um grupo apartidário com mais de 95 mil mulheres que trabalham para construir uma sociedade melhor e amparar vítimas de violência doméstica”, destaca o artigo.

Famosos influentes