explore

Com ouro na vela, família Grael é 2ª com mais medalhas no Brasil: 1ª está no vôlei

martine grael kahena kunze olimpiadas 0821 1400x800
Phil Walter/Getty Images

Martine Grael conquistou mais um pódio olímpico na vela nos Jogos de Tóquio. Ao lado de Kahena Kunze, a atleta de 30 anos conquistou sua segunda medalha de ouro na classe 49er da vela – o primeiro ouro da dupla foi na Rio 2016.

Com o feito, os Grael (que já são bastante conhecidos na vela) somam nove medalhas olímpicas, sendo a segunda família com mais medalhas no Brasil. Eles apenas perdem o posto de primeiro lugar para uma família bem famosa do vôlei: os Rezende.

Família Grael é a segunda com mais medalhas no Brasil

Martine Grael é a filha mais nova de Torben Grael, que é o maior medalhista olímpico do Brasil. O ex-atleta tem cinco medalhas na vela:

  • 2 ouros (Atlanta-1996 e Atenas-2004)
  • 1 prata (Los Angeles-1984)
  • 2 bronzes (Seul-1988 e Atlanta-1996)

Além disso, a medalhista de ouro das Olimpíadas de Tóquio é sobrinha de Lars Grael, irmão de Torben – que também tem duas medalhas olímpicas na vela em sua carreira:

  • 2 bronzes (Seul-1988 e Atlanta-1996)

No total, somando com os dois ouros de Martine (Rio-2016 e Tóquio-2020), os Grael contam com nove medalhas olímpicas na família.

O feito, no entanto, não ultrapassou o número de medalhas conquistadas por Bernardinho e Bruninho Rezende.

bernardinho bruninho volei 0821 1400x800 0
Buda Mendes/LatinContent via Getty Images | Alexandre Schneider/Getty Images for FIVB

A coleção do técnico e comentarista Bernardinho conta com sete medalhas olímpicas – tanto como jogador, quanto como técnico:

  • 1 prata como jogador (Los Angeles-1984)
  • 2 ouros como técnico (Atenas-2004 e Rio-2016)
  • 2 pratas como técnico (Pequim-2008 e Londres-2012)
  • 2 bronzes como técnico (Atlanta-1996 e Sydney-2000)

Já o levantador da seleção brasileira Bruninho tem três pódios em sua conta:

  • 1 ouro (Rio-2016)
  • 2 pratas (Pequim-2008 e Londres-2012)

Até então, a família Rezende leva a melhor: são 10 medalhas olímpicas contra 9 dos Grael. Vale destacar que Bruninho ainda tem a chance de aumentar a conta em Tóquio, já que a seleção masculina de vôlei segue na disputa.

Mais sobre as Olimpíadas de Tóquio