mulher

Dificuldade para amamentar pode ter como causa problema na língua do bebê: 3 sinais

bebe lingua presa 0519 1400x800
Carolyn Dietrich/shutterstock

Desde 2014, no Brasil, a realização do teste da linguinha em maternidades é obrigatória por lei. A aplicação do protocolo ajuda a identificar se o frênulo lingual do bebê limita os movimentos da língua, que são importantes para sugar, mamar, mastigar, engoli e falar.

lingua presa bebe 1112 1400x800
Akkalak Aiempradit/Shutterstock

Alteração comum, a língua presa é uma condição presente desde o nascimento e ocorre quando uma pequena porção de tecido, que deveria ter desaparecido durante o desenvolvimento do bebê na gravidez, permanece na parte de baixo da língua, limitando seus movimentos.

Sinais de problema na língua do bebê

bebes nacidos en mayo2
PeopleImages/iStock

Existem alguns sinais comuns que podem indicar se o bebê tem a língua presa e pode ter seu desenvolvimento comprometido:

  • Morder o bico seio da mãe durante a amamentação
  • Dificuldade em colocar a língua
  • Presença bifurcação na língua

O teste da linguinha é um exame padronizado que possibilita diagnosticar e indicar o tratamento precoce das limitações dos movimentos da língua, que podem comprometer suas funções.

mae amamentacao bebe 0419 1400x800
HTeam/Shutterstock

A identificação do problema logo nos primeiros dias de vida é fundamental, pois, se não for corrigido, fará com que a língua se desenvolva de forma incorreta, trazendo dificuldades na fala e na deglutição.

Com a ajuda do teste da linguinha, odontopediatras e fonoaudiólogos podem fazer uma avaliação que possibilita o diagnóstico preciso e a indicação para a possível necessidade da remoção do freio. O procedimento é simples, feito em consultório e com anestesia local.

bebe lingua bifurcada 0519 1400x800
In The Light Photography/shutterstock

A língua presa impede que a língua se movimente adequadamente, desenvolvendo então, adaptações e/ou compensações para sugar, engolir, mastigar e falar.

Quando o problema não é tratado, crianças, jovens e adultos com dificuldades na mastigação e alterações na fala podem ter afetados a alimentação, a comunicação e até mesmo o relacionamento social e o desenvolvimento profissional.

Cuidados com a amamentação