mulher

Exame é capaz de descobrir sexo do bebê com apenas picada no dedo, mostra estudo

exame diabetes 0318 1400x800
Syda Productions/Shutterstock

Atualmente, só é possível saber o sexo de um bebê na barriga da mãe por meio de ultrassonografia ou exame de sangue por pulsão da veia, mas uma nova tecnologia promete deixar o projeto bem mais rápido e cômodo: uma pesquisa brasileira comprovou que um teste semelhante ao feito para monitorar diabetes é capaz de identificar se o feto é menino ou menina logo no primeiro trimestre.

Exame de picada no dedo para saber sexo do bebê

sexo do bebe 0418 1400x800
Leon Rafae/Shutterstock

O estudo publicado no periódico Prenatal Diagnostics revelou que é possível saber o sexo do bebê por um teste com uma pequena quantidade de sangue dos vasos capilares coletada pelo dedo. A análise age por meio da identificação do cromossomo Y, que se estiver presente indica que o feto é menino e se estiver ausente é menina.

A descoberta foi feita pelo pesquisador Gustavo Barcelos Barra, do laboratório Sabin, e incluiu 101 voluntárias com período médio de gestação de 8 a 20 semanas.

Resultados garantido

As participantes foram dividas em três grupos que se diferenciaram pelo método de assepsia: álcool, uma dose ou duas doses hipoclorito de sódio. Em seguida, a pequena amostra de sangue foi retirada e centrifugada para a análise do DNA.

Os resultados mostraram 100% de acerto no sexo do bebê em todos os grupos que fizeram assepsia do dedo com hipoclorito de sódio. Já no que usou álcool, houve cinco falsos-positivos.

Mais conforto para a mamãe

Embora ainda não se saiba quando o exame estaria disponível, ele é um importante passo para que sejam criados meios menos invasivos e desconfortáveis de determinar o sexo do bebê.

Sexo do bebê