Chave para viver mais tempo é encontrar um propósito e persegui-lo, diz a ciência

objetivos planos vida 0819 1400x800
lassedesignen/shutterstock

Ter um propósito na vida permite que você mantenha o controle sobre a direção de praticamente todas as suas atividades, tanto profissionais quanto pessoais.

Mas os benefícios não param por aí: ter um ou mais objetivos também ajuda a prolongar sua vida, segundo um estudo realizado pela Universidade de Michigan, nos EUA, e foi publicado no JAMA Network Open.

proposito de vida
Song_about_summer / Shutterstock

Para realizar a pesquisa, os cientistas usaram dados de 6.985 adultos com mais de 68 anos, inscritos no Estudo de Saúde e Aposentadoria dos Estados Unidos, dos quais 4.016 eram mulheres. Em 2006, este grupo foi solicitado a responder a um questionário psicológico sobre seus objetivos na vida e as informações obtidas foram usadas para realizar uma avaliação.

A equipe analisou as causas de mortalidade dos participantes entre 2006 e 2010, com variáveis ​​que incluíram o status socioeconômico dos indivíduos, estado civil e histórico clínico.

diario agenda
EM Karuna vía Shutterstock

A avaliação psicológica incluiu estudos de depressão, ansiedade e outros transtornos mentais, além de um questionário para conhecer o nível de otimismo de cada participante.

Em geral, indivíduos do sexo masculino, sem filhos e que nunca se casaram, tiveram uma alta probabilidade de morrer, assim como aqueles que não haviam concluído o ensino médio.

trabalho carreira sucesso 0818 1400x800
Creatarka/shutterstock

No caso das mulheres, a variável que mais afetou foi a de não ter concluído os estudos e nunca ter se casado.

Trabalhos anteriores já haviam demonstrado que um senso de realização na vida está associado à diminuição da expressão de genes pró-inflamatórios, bem como a níveis mais baixos de cortisol e citosinas pró-inflamatórias. Os níveis elevados desses parâmetros estão relacionados ao aumento da mortalidade.

proposito de vida 4
Witthaya lOvE / Shutterstock

No caso desta pesquisa, a associação entre mortalidade e objetivo na vida era evidente em doenças vasculares cardíacas, digestivas, sanguíneas e cerebrais, excluindo - contra todas as probabilidades - o câncer.

Para os pesquisadores, isso ocorre porque um forte propósito de vida contribui para uma boa atitude e a motivação necessária para uma pessoa permanecer ativa e saudável.

proposito de vida 5
manop / Shutterstock

Se a pessoa atingir seus objetivos, seu nível de otimismo será mantido por boa parte de sua vida. Por outro lado, os indivíduos cujos planos foram deixados para trás, por diferentes razões, têm maior probabilidade de ignorar cuidados com a saúde física e mental.

Como ser mais feliz na vida

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Sebastián Pérez.