glam

Açúcar reage com colágeno e destrói pele do rosto: como evitar ter esse tipo de ruga

muffin doce acucar 1218 1400x800
YIUCHEUNG/shutterstock

Muito se diz sobre o papel disfuncional do açúcar no nosso organismo - e não é à toa! Ele é um ingrediente quase que indispensável em grande parte dos produtos industrializados que ocupam armários na cozinha mundial. O cenário não é nada bom, considerando que hábitos alimentares que contam com excesso de açúcar estão associados a diversas doenças - especialmente cardiovasculares - mas que também comprometem a saúde da pele.

Açúcar faz mal para a pele

acucar colher cubos 1218 1400x800
Fascinadora/shutterstock

De acordo com o dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, os açúcares e também carboidratos são convertidos em açúcar pelo organismo e, por isso, podem acelerar o aparecimento de rugas e flacidez se consumidos em demasia.

melasma pele 0217 1400x800
Evgeny Atamanenko/Shutterstock

O especialista explica que isso acontece por que esses alimentos desencadeiam um processo conhecido como glicação, onde as moléculas de glicose se ligam às fibras de elastina e colágeno responsáveis pela sustentação da pele, fazendo então com que estas se quebrem. Como resultado desse processo, há o aumento da flacidez e linhas de expressão, além da evidenciação de rugas e piora das manchas.

Glicação: o que é?

paralisia de bell rosto 0519 1400x800
sruilk/Shutterstock

A glicação ocorre naturalmente em todas as pessoas, pois os carboidratos são indispensáveis em nossa dieta, sendo a principal fonte de energia para o organismo. O problema é quando a alimentação é hipercalórica e hiperglicêmica, ou seja, quando os alimentos ingeridos são ricos em açúcares e gordura, pois, neste caso, há um processo de excesso de glicação.

Ainda conforme Jardis, a glicação também está ligada a uma maior produção de radicais livres pelo organismo, o que gera oxidação celular e um stress oxidativo da pele, levando, consequentemente, a uma aceleração do processo de envelhecimento do tecido cutâneo.

Como amenizar os impactos da glicação?

mulher espelho rosto 0818 1400x800
Dmytro Zinkevych/Shutterstock

O ideal é adotar uma dieta balanceada, com redução de carboidratos e doces, e rica em vitaminas C, E e A, que possuem propriedades antioxidantes. Além disso, manter hábitos saudáveis como evitar o tabagismo e dormir bem. O especialista também afirma ser fundamental manter um regime de skincare contínuo, tanto noturno quanto diurno, que deve ser composto por produtos que contenham substâncias antioxidantes, antiglicantes e desglicantes.

Açúcar e saúde