pop

Filho de Judá crescerá sem fé em "Gênesis": ator revela detalhes da história de Er

er genesis 1400x800 0921
Blad Meneghel/ Record TV

Parte da última fase de "Gênesis", Tiago Marques será responsável por dar vida a Er, o filho primogênito de Judá (Thiago Rodrigues). Herdeiro da linhagem de Abraão (Zé Carlos Machado), o jovem negará suas raízes e causará muitos problemas.

Sem ter a fé de Jacó (Petrônio Gontijo), o personagem se demonstrará muito manipulador e rendido aos desejos carnais. Em entrevista ao VIX, o ator revelou mais detalhes sobre o seu papel. Confira!

Er será espelho de sua relação com Judá

familia de juda genesis 1400x800 0821
Arquivo Pessoal/ Assessoria

De acordo com a Bíblia, o primeiro filho de Judá era um homem mau aos olhos de Deus. Sem ter fé, o rapaz era extremamente problemático e acabou sendo castigado por isso - algo que o sentenciou à morte.

Apesar de vir de uma linhagem em que os homens eram muito ligados a Deus, o primogênito de Judá decide virar as costas para a religião e viver como bem entende.

"Ele não tem a fé de seu avô e ser temente a Deus pra ele, definitivamente, não muda muita coisa. Por ser jovem, ele se deixa levar pelos prazeres mundanos e isso acaba trazendo consequências", conta Tiago Marques, o intérprete de Er em "Gênesis".

tiago marques ator 1400x800 0921
Carlo Locatelli/Divulgação

Na trama, com um caráter duvidoso, o jovem não se abalará com as dificuldades de sua vida, nem mesmo desconfiará de que tais acontecimentos fazem parte de um castigo divino.

"Na cabeça dele não tem por que ele ser castigado. O que ele tá fazendo de errado? O que é certo e errado? Ele escolher uma vida diferente do que seus pais escolheram para ele é estar errado?", explica o ator.

"Óbvio que as atitudes dele são completamente repugnantes, mas na cabeça dele não há nada de errado, é a maneira como ele enxerga o mundo", ainda completou Tiago, brincando ao perceber que já estava defendendo seu personagem.

Toda a trajetória de Er o levará a um casamento com Tama (Juliana Xavier). Ao invés de tranquilizar Judá, que acredita que seu herdeiro tomaria um rumo, a união será ainda pior e resultará na morte do primogênito.

"O Er, por mais que seja o primogênito, nunca teve a atenção de Judá, que sempre o repreendeu. Os filhos nada mais são do que o reflexo dos pais. O Er é um reflexo do pai, e provavelmente ele está reproduzindo tudo que viu seu pai fazer em algum momento", analisou o ator sobre o comportamento do personagem.

Castigado por Deus, Er morrerá sem deixar herdeiros e até mesmo seu irmão, Onã (Caio Vegatti), será castigado pelo Todo Poderoso ao negar a continuidade do filho mais velho de Judá.

"Gênesis"