pop

Daphne Bozaski fala sobre gravar novela na pandemia e longe da família: "Nova maneira de atuar"

daphne bozaski 0721 1400x800
Sergio Baia

Conhecida por interpretar a Benê em “Malhação” e em “As Five”, Daphne Bozaski está prestes a apresentar ao público uma nova personagem. A atriz de 28 anos faz parte do elenco de “Nos Tempos do Imperador”, a próxima novela inédita das 18h da Globo.

Mãe do pequeno Caetano, de dois anos, a artista precisou se dividir entre São Paulo e Rio de Janeiro nos últimos meses para conciliar a maternidade e o trabalho. E tudo isso com todos os cuidados necessários em meio a uma pandemia.

Em entrevista ao VIX, Daphne falou sobre as gravações da próxima produção das 18h e de como foi passar um tempinho longe da família por conta do trabalho. Confira abaixo!

Daphne Bozaski fala de “Nos Tempos do Imperador”

Primeira novela totalmente inédita desde o início da pandemia de coronavírus, “Nos Tempos do Imperador” estreia na TV em 9 de agosto. Bastante aguardada pelo público, as gravações da obra – escrita e criada por Alessandro Marson e Thereza Falcão, e dirigida por Vinícius Coimbra – começaram em março de 2020, mas devido à Covid-19 precisaram ser interrompidas.

“Foi uma nova maneira de atuar, porque seguimos diversos protocolos de segurança e distanciamento. Levamos um pouco mais de tempo para fazer as cenas – e muitas vezes elas foram adaptadas para não ter tanta gente no set”, contou Daphne Bozaski em entrevista ao VIX.

“Tivemos duas paralisações desde o início da pandemia, mas acredito que toda essa experiência nos fez ter muito conhecimentos dos cuidados que devem ser tomados para que esse trabalho, que está tão lindo, chegue à TV”, completou.

Na novela, Daphne será Dolores, filha do coronel Eudoro (José Dumont) e irmã da Pilar (Gabriela Medvedovski). Segundo a atriz, a personagem representa uma grande parte das típicas mulheres do século 18, que não tiveram acesso à educação e por isso não sabem ler ou escrever.

A Dolores é uma mulher sem muita coragem ou sonhos. Uma personagem que passa por situações onde se vê refém da falta de conhecimento e malícia com o mundo. E com isso acaba criando muitos problemas – tanto na sua vida, quanto para a sua irmã

Com a rotina de gravações bem diferente da que os artistas e o público estavam acostumados, “Nos Tempos do Imperador” estreia em agosto de 2021 já com todos os episódios gravados. Por esta razão, a logística de deslocamento de Daphne mudou bastante nos últimos meses. Isso porque ela precisou se dividir entre São Paulo (onde mora com a família) e Rio de Janeiro (onde a novela foi filmada).

“Optei pelo meu filho, Caetano, ficar em São Paulo. Na nossa casa, com o universo dele – ainda mais por estarmos em uma pandemia. E eu fiz esse desdobramento de idas e vindas. Acredito ter sido o melhor para todos, assim conseguia me concentrar no trabalho quando estava no Rio e, quando estava em São Paulo, me concentrava totalmente na maternidade”, contou a atriz ao VIX.

E com tantas viagens, a saudade do pequeno – que tem apenas dois anos e é fruto do casamento de Daphne com o chef de cozinha Gustavo Araújo – era muito forte.

“Não é fácil, mas é importante para mim e para ele. Quero muito que o Caetano tenha orgulho da mãe. Ele é a coisa mais importante da minha vida, mas o trabalho também tem um espaço grande na minha realização. E acho que quanto mais realizadas e felizes somos, isso reflete no nosso dia a dia com os filhos”, disse a artista.

Quero que o Caetano entenda a importância do trabalho. E que ele escolha uma profissão que o realize tanto quanto eu me realizo com a minha. Meu marido é um grande parceiro e isso é fundamental, porque dividimos as tarefas. Isso me tranquiliza. Porque sei que mesmo longe o Caetano está bem, sendo muito bem cuidado

Além de marcar a estreia de Daphne na faixa das 18h, “Nos Tempos do Imperador”, proporcionou um reencontro e tanto para a atriz. Ela pôde contracenar novamente ao lado de duas colegas bem queridas: Gabriela Medvedovski e a Heslaine Vieira. As três fizeram “Malhação” e “As Five” juntas.

E é claro que o público está bem ansioso para ver três das cinco amigas do grupo Five reunidas novamente. “Nós tivemos um encontro muito feliz em ‘Malhação’ e em ‘As Five’. Acho que essa cumplicidade ajuda muito na hora de contracenamos. Acho que o público vai gostar de nos ver juntas, porém em personagens e relações completamente diferentes”, contou Daphne.

Notícias da TV