pop

Comendador e Maria Íris não conquistam público em reprise de "Império": reações

novela imperio comendador maria iris 0321 1400x800
Globo/João Miguel Júnior

Sinônimo de "envelhecer mau", o casal Comendador José Alfredo (Alexandre Nero) e Maria Ísis (Marina Ruy Barbosa) não convence mais o público de "Império". No passado, o protagonista cinquentão arrancou muitos suspiros de pessoas que hoje o encaram com outros olhos.

Com inúmeras grosserias, brutalidades e uma forma retrógrada de pensar, deixar uma jovem presa em um apartamento não é lá uma das coisas mais românticas que o Comendador já fez - e talvez seja por isso que ninguém engula mais este casal!

Casal de "Império" não embala na reprise

imperio maria isis comendador 0521 1400x800
Reprodução/Globoplay

Não, a novela de Aguinaldo Silva não representa mais o pensamento dos dias atuais. A novela foi lançada em 2014 e teve uma grande aceitação, sendo um dos sucessos da TV Globo e até venceu o prêmio de Melhor Novela no Emmy Internacional.

No entanto, com a reprise da trama, os números não parecem bater e o público não foi engajado na mesma forma. Para entender o porquê disso, basta olhar para o casal Comendador e Maria Ísis.

Na época, o romance dos personagens era motivo para que as pessoas não perdessem um só capítulo e sonhassem com o momento em que encontrariam o seu próprio "José Alfredo".

maria isis 2811 1400
GLOBO/ALEX CARVALHO

A ideia de um homem para lhe bancar, restringir sua liberdade e te definir como posse não é mais uma das concepções mais românticas da dramaturgia - e da vida real.

Na internet, não é incomum ver pessoas incomodadas com a submissão de Ísis e a arrogância de José Alfredo. Motivos como esses fazem com que seja difícil aceitar os personagens e, consequentemente, a história, visto que estes comportamentos deveriam ficar no passado.

Com o anúncio de que a trama retornaria ao ar neste ano, Alexandre Nero recordou seu personagem, reconhecendo os defeitos dele. "O Comendador era um homem grotesco, que maltratava um pouco as pessoas", afirmou e ainda tentou explicar o outro lado do protagonista.

"É vida real. Se ele fosse um homem 100% agressivo, as pessoas não se identificariam com ele. É o famoso anti-herói. Não é o vilão, nem o bonzinho. É grotesco, mas humanizado", analisou.

comendador jose alfredo imperio 1400x800 0421
Globo/ João Miguel Júnior

Por sua vez, Marina Ruy Barbosa se demonstrou surpresa ao descobrir que sua personagem poderia ser chamada de "sugar baby", nome dado à mulheres que escolhem serem bancadas por homens mais velhos.

"Gente, então Maria Ísis era 'sugar baby'? Hahahahahaha. Eu não lembrava o quanto eu era novinha nessa novela! 18 anos", escreveu em sua rede social.

Já em uma entrevista, a atriz revelou ter sido um de seus maiores desafios na época. "Eu tinha acabado de fazer 19 anos, era o começo de uma nova fase, uma personagem mais madura, contracenando com um elenco muito experiente. Quando começamos um personagem, entramos numa luta de defendê-lo com unhas e dentes", afirmou.

Para ela, Maria Ísis foi uma das personagens mais importantes de sua carreira. Mesmo ao compreender que são poucas as novelas com uma linguagem atemporal, ainda assim a relação da amante com o Comendador José Alfredo dá o que falar na web.

Ao menos, estas cenas que causam desconforto no público geram uma grande reflexão sobre o que antes era aceito e hoje parece não nos servir mais, sendo a prova da nossa constante evolução. Veja algumas reações:

"Império"