Record demite funcionário e se pronuncia após caso de racismo em "A Fazenda 11"

a fazenda 11 sabrina 1119 1400x800 2
Reprodução/PlayPlus

A Record TV se pronunciou sobre o caso de racismo contra Sabrina Paiva, que aconteceu na noite desta terça-feira (5), no reality show "A Fazenda 11", envolvendo um dos funcionários da produção.

Em comunicado enviado à imprensa, a emissora afirma que, logo após o final do programa, a produtora Teleimage, parceira da Record, identificou o ofensor, que foi desligado imediatamente.

Record se pronuncia sobre racismo em "A Fazenda"

a fazenda 11 sabrina 1119 1400x800
Reprodução/PlayPlus

A polêmica aconteceu quando todos os participantes estavam reunidos na sala do confinamento. Assim que Sabrina levantou para pegar água, foi possível ouvir um dos funcionários da produção dizendo: "Macaca, senta aí logo".

O programa estava prestes a entrar no ar para a realização da prova do fazendeiro e a participante, visivelmente ofendida, questionou se os demais peões também tinham ouvido a fala preconceituosa. Assista ao vídeo do momento:

A Record identificou que o ofensor era um dos operadores de câmera, posicionado atrás do espelho da sala da sede, que teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente.

"A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito", afirma a emissora. "A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções".

A Record afirma ainda que a produção vai entrar em contato com a Sabrina e informará a participante do ocorrido, para que ela possa tomar as providências legais, caso queira.

"Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar".

Leia o comunicado na íntegra:

"A Record TV informa que ontem, 05/11, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva.

Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente.

A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar.

A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções".

"A Fazenda 11" na Record TV