pop

Salário dos atores de “Malhação”: colunista revela quanto ganham os novatos da TV

lica tina malhacao 0617 1400x800
Paulo Belote/Globo

Os artistas iniciantes tem um longo caminho pela frente quando se trata da construção de suas carreiras. E parece que os atores deMalhação” tem mais um obstáculo para enfrentar: o baixo salário que ganham da Globo – se comparado ao de artistas de outras produções da mesma emissora. A coluna do jornalista Ricardo Feltrin revelou quanto os novatos da TV ganham por mês. Ficou curioso?

Salário dos atores de “Malhação”

malhacao diferencas 0517 1400x800 5
Ramón Vasconcellos/Globo

De acordo com Feltrin, desde 2010 o salário dos artistas que participam das temporadas de “Malhação” vem caindo drasticamente. Mas isso não ocorre somente na novela voltada para o público adolescente: os pagamentos de quase todos os setores da Globo passaram por mudanças trabalhistas, o que fez com que a emissora gastasse menos.

Com a fama de gerar talentos para a Globo desde sua estreia na TV, em 1995, “Malhação” foi a produção que mais sofreu com os cortes de pagamento da emissora. Até 2010, era um ótimo negócio trabalhar na novela – tanto por conta do salário, quanto pelo reconhecimento que trazia aos currículos dos artistas. Hoje, no entanto, a situação é diferente.

Segundo um levantamento feito pela coluna de Ricardo Feltrin, as protagonistas de “Malhação: Viva a Diferença” – como Gabriela Medvedovski (Keyla), Manoela Aliperti (Lica) e Ana Hikari (Tina) – ganham entre R$ 4.000 e R$ 4.500 por mês. Apesar de não ser um salário profissional, o valor é cerca de metade do que a Globo costumava pagar há sete anos.

Já os atores secundários da novela recebem metade do valor das atrizes principais (R$ 2.000). Enquanto isso, o cachê dos figurantes, que são terceirizados, também diminuiu. Em alguns casos, eles recebem apenas R$ 60 por dia de gravação.

E os gastos não caíram apenas com os salários do elenco. A produção também está gastando menos: em 2010, um diretor de cenas ganhava R$ 16 mil; atualmente o valor passou para menos que a metade. Parece que as mudanças na novela foram radicais.

Mais sobre "Malhação: Viva a Diferença"