pop

Maldição do BBB? Vice-campeões fazem mais sucesso que os vencedores

View this post on Instagram

Countdown! ⏰🔜 #vem2018

A post shared by Vivian Amorim (@amorimvivian) on

Apesar de aprendermos desde criança que o importante é sempre competir, às vezes o segundo lugar em uma disputa pode ter um gosto um pouco amargo. No caso dos ex-BBBs, porém, ser vice pode ser tão bom ou até mesmo melhor do que vencedor. Relembre os participantes do “Big Brother Brasil” que ficaram em segundo lugar, mas fazem mais sucesso que os campeões:

Vice-campeões do BBB que fazem mais sucesso

Grazi Massafera

View this post on Instagram

Revista Top Magazine el bigodon

A post shared by Grazi Massafera (@massafera) on

A atriz é o caso mais marcante e famoso de vice que se deu bem. Ela ficou em segundo lugar no “BBB5”, perdendo pra Jean Wyllys que, apesar de ter destaque como deputado federal, não tem fama comparável a da estrela da Globo.

Cacau Macedo

A ex-BBB, que já era youtuber antes mesmo de entrar no programa, se envolveu com Matheus e viveu um romance conturbado, cheio de drama, dentro do reality show. Apesar de ter sido vice-campeã, Cacau tem feito mais sucesso que a vencedora Muniky Nunes ao conquistar campanhas e ainda mais fãs nas redes sociais e no YouTube. Recentemente, a loira passou por cirurgias plásticas e deu uma aula de autoestima nas redes sociais.

Gyselle Soares

A vice do “BBB 8” ganhou até mesmo fama internacional após participar do reality show, sendo que o vencedor dessa edição foi o músico Rafinha, que hoje é tatuador. Ela se mudou para Paris e, além de fazer trabalhos como atriz, virou apresentadora em um canal de TV francês e lançou músicas como funkeira.

Vivian Amorim

Além de sair com a moral em alta e com zero polêmicas, Vivian Amorim ficou em segundo lugar no BBB17 e está melhor que a campeã, Emilly Araújo. A manauara é dona de um canal no YouTube, tem uma legião de fãs que não para de crescer e virou repórter do BBB18, ao lado de Fernanda Keulla. Já Emilly, mesmo saindo em primeiro lugar, virou alvo de muitas discussões e polêmicas e não teve seu contrato renovado com a Globo.

Televisão brasileira