explore

Tatuagem criada pelo Google transforma pele em controle remoto

tatuagem google 07 20 1400 500
Divulgação/Google

Depois dos óculos inteligentes, o Google criou uma tatuagem que transforma a pele em uma espécie de controle remoto. Chamado de SkinMarks, o projeto tem como objetivo usar as tatuagens para controlar aparelhos com o corpo. Entenda como funciona.

Google cria tatuagem que controla aparelhos

O projeto SkinMarks é desenvolvido desde 2017 por pesquisadores da Universidade de Sarre, na Alemanha, em parceria com o Google e os primeiros protótipos já estão sendo testados.

As tatuagens inteligentes são temporárias e usam uma tecnologia que funciona através de sensores acoplados ao corpo da pessoa, permitindo que ela acione o mecanismo pelo toque ou outros gestos. O vídeo abaixo mostra como isso acontece:

Esses sensores são aplicados em partes articuladas do corpo, mas o estudo prevê que eles também funcionem em superfícies ósseas, pintas, além de posicioná-lo próximo a um acessório, como brincos, anéis e pulseiras. Nesse caso, a tatuagem inteligente funcionaria também como um adereço temporário e, para ativá-la, a pessoa poderia girar o anel no dedo ou mexer o bracelete.

Compostos por uma tinta condutora de serigrafia em papel de tatuagem, os dispositivos são selados termicamente para poderem ser inserido no corpo.

tatuagem inteligente google 1400 400
Youtube/EmbodiedInteraction

O objetivo é que a tatuagem facilite o uso da tecnologia, principalmente ao levar em conta que nós estamo sempre em movimento, além de substituir a necessidade de olhar para o celular o tempo todo, por exemplo, melhorando a coordenação motora.

Apesar de parecer algo da série "Black Mirror", o Google pretende continuar financiando as pesquisas alemãs, mas, por enquanto, a tatuagem inteligente não será um objeto destinado ao público, como o Google Glass.

Invenções que mudaram o mundo