explore

Se seu celular for roubado, siga 3 passos para proteger sua conta bancária e dados pessoais

celular android tela aparelho 0819 1400x800
ymgerman/Shutterstock

Muitas pessoas ao terem seus celulares roubados ficam mais preocupadas com todos os dados e informações que o aparelho carrega do que com o celular em si. A preocupação é normal, afinal, é muito comum que esses dispositivos tenham informações importantes, como dados bancários e a acesso a redes sociais. Veja abaixo o que fazer caso seja roubado:

Celular roubado: e agora?

1- Apagar dados

Se você tem certeza que foi furtado, o primeiro passo é tornar o celular “inútil” para o ladrão. Quem usa Android pode usar o recurso “Encontre meu dispositivo”. Caso o aparelho esteja conectado à internet, você poderá ver sua localização e, mais importante, acessar as opções “Apagar” e “Bloquear”, que remove todas as suas informações pessoais do aparelho.

É importante que, mesmo que você consiga ver a localização do dispositivo, não é uma boa ideia tentar recuperá-lo por conta própria. O ideal é fazer um boletim de ocorrência, que pode ser preenchido até mesmo online.

mouse computador 0318 1400x800
TippaPatt/Shutterstock

Os aparelhos da Apple têm uma função parecida, chamada “Buscar Meu iPhone”. Também é possível apagar os dados pessoais e ver a localização do aparelho. É preciso saber seu ID Apple e senha.

2- Deslogar de aplicativos

Mesmo que você tenha conseguido realizar os procedimentos acima, é essencial deslogar de aplicativos que guardam informações importantes. Se você não conseguiu, seja pelo falta de acesso à internet ou bateria, é ainda mais importante sair desses apps.

No caso do Nubank, é possível acessar o site e fazer login com CPF e senha. Depois, acesse a opção “ “Estou sem celular” e “Desconectar tudo”. O Banco do Brasil e Caixa também oferecem serviços de bloqueio do app pela internet.

Em outros bancos, é possível contar com o serviço de atendimento 24h pelo telefone. Depois do bloqueio, não se esqueça de trocar suas senhas para ter uma garantia extra.

integracao whatsapp instagram messegnder 08 19 1400 800
Shutterstock

Para deslogar do Instagram, é preciso entrar no app pelo computador e fazer login normalmente. Vá em “Configurações” e, depois, em “Atividade de login”. Você conseguirá ver todos os dispositivos em que a conta está conectada e sair deles. Também é uma boa ideia trocar a senha.

Para desativar seu WhatsApp, envie um e-mail para o suporte do app (support@whatsapp.com) e coloque o assunto como “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta”. No corpo do e-mail, diga que você quer desativar a conta e informe seu número com o +55 e o DDD na frente. A suspensão demora algumas horas para ser concluída e dura até 30 dias, podendo ser revogada a qualquer momento pelo usuário.

3- Bloqueio do IMEI

Com a certeza de que não será possível recuperar o celular, faça o bloqueio de IMEI, um código numérico que identifica o modelo do smartphone.

Com esse bloqueio, o ladrão não consegue utilizar o aparelho para mais quase nada, já que que funções como ligações e conexão com a internet ficam indisponíveis no celular.

cadeado ataque hacker 0517 1400x800
mattjeacock/istock

O número fica perto do código de barras na caixa do produto e também no próprio celular quando você digita *#06#. Se você não tem nenhum dos dois, dá para encontrar a sequência na própria sessão “Encontre meu dispositivo”, no caso do Android, e “Buscar Meu iPhone”, da Apple.

Em seguida, entre em contato com a operadora para pedir o bloqueio do IMEI e do chip. Algumas podem solicitar um boletim de ocorrência.

Segurança digital