explore

Apple é multada por deixar iPhones mais lentos e não avisar consumidores

iphone 8 smartphonoe 0819 1400x800
mama_mia/ShutterStock

A Apple foi multada em 25 milhões de euros (cerca de R$ 188 milhões) por deixar iPhones antigos mais lentos. A punição foi imposta pelo DGCCRF, órgão francês de proteção ao consumidor. A alegação foi que a empresa não avisou seus consumidores que, ao atualizar o sistema operacional, o aparelho teria sua performance diminuída.

Apple deixa iPhones antigos mais lentos

Em 2017, a companhia admitiu que, de fato, deixava alguns modelos mais lentos com o passar dos anos. A intenção, no entanto, não seria estimular a compra de uma versão mais recente.

De acordo com a Apple, a bateria de íon de lítio não funciona tão bem com o passar de alguns anos — por isso, alguns modelos podem parar de funcionar de repente.

iphone xs max 5 09 18 1400
Justin Sullivan/Getty Images

“As baterias são uma tecnologia complexa, e muitas variáveis contribuem para o desempenho delas e do iPhone. Todas as baterias recarregáveis são consumíveis, têm vida útil limitada”, afirma um comunicado da empresa.

Para proteger os consumidores, eles lançaram uma atualização de software para o iPhone 6, 6s e SE. A ideia foi diminuir o desempenho dos smartphones para protegê-los de um possível apagão repentino.

Não dá para saber se a versão oficial da empresa é verdadeira, mas o fato é que nenhum consumidor foi avisado dessa questão antes de aceitar as atualizações do iOS nas versões 10.2.1 e 11.2.

iphone venda 0819 1400x800
Africa Studio/shutterstock

Agora, a empresa já fornece informações mais claras sobre mudanças no desempenho dos celulares. Posteriormente, outros modelos também foram atualizados com a mesma justificativa. São eles:

  • iPhone 6 Plus e 6S Plus
  • iPhone 7 e 7 Plus
  • iPhone 8 e 8 Plus a partir do iOS 12.1
  • iPhone X a partir do iOS 12.1
  • iPhone XS, XS Max and XR a partir do iOS 13.1

iPhones: resistência, câmeras e segurança