Tik Tok: rede social é chamada de "novo Instagram" e já tem 1 bilhão de usuários

tik tok 1400x800 0819 0
Reprodução/App Store | Reprodução/App Store

Muito popular entre adolescentes, o aplicativo Tik Tok teve mais de 663 milhões de downloads em 2018. O número impressiona pois superou até mesmo o do Instagram — no mesmo período, a rede social foi baixada 444 milhões de vezes.

O conceito é simples: vídeos engraçadinhos de até 15 segundos, com diversos efeitos disponíveis. É possível, por exemplo, adicionar músicas, barulhos, efeitos visuais, filtros e fazer dublagens.

É muito comum ver pequenos clipes de dança, maquiagem, pegadinhas e desafios (veja no vídeo abaixo).

O Tik Tok funciona como um rede social, o que significa que os usuários podem interagir entre si, comentando, seguindo perfis e curtindo vídeos.

A rede tem até seus próprios influencers, pessoas comuns que começaram a fazer grande sucesso. Alguns já até conseguem fazer anúncios, nos moldes dos influenciadores do Instagram.

Como o Tik Tok surgiu

O Tik Tok é o antigo Musical.ly, uma rede social que ficou famosa pelas dublagens. No fim de 2017, a empresa chinesa ByteDance comprou o aplicativo por $ 1 bilhão e as contas do Musical.ly automaticamente migraram para o Tik Tok.

tik tok 1400 933
XanderSt/Shutterstock

Desde então o app tem feito um sucesso estrondoso, ultrapassando a marca de 1 bilhão de downloads.

Apesar de ter um público fiel na Ásia, o Brasil também tem muitos usuários da rede, que tem até escritório em São Paulo. Alguns famosos brasileiros, aliás, já aderiram à nova moda — a cantora Ludmilla, por exemplo, já publicou vários vídeos.

Mais sobre redes sociais