explore

Mulher sofre queimadura durante sono e caso gera alerta: não use carregador pirata

bateria iphone 1400x800 0917
PIMPAN / Shutterstock

Ao chegar em um pronto-socorro, uma jovem de 19 anos reclamou de uma queimadura que ardia muito ao redor do pescoço. Após examiná-la, os médicos descobriram que o ferimento foi causado por um carregador de celular pirata que transmitiu sua corrente elétrica ao colar que a paciente usava.

Mulher sofre queimaduras ao usar carregador não-original

O caso, que aconteceu na cidade de Ann Harbor, no estado norte-americano de Michigan, foi reportado pelos médicos em um estudo.

celular carregador mulher 0718 1400x800
Zyabich/Shutterstock

A jovem, que estava deitada na cama, tinha um carregador genérico de iPhone debaixo do travesseiro —ele estava ligado à tomada, mas não estava conectado ao celular.

Ela usava um longo colar, e algum tempo depois sentiu uma sensação de queimadura e muita dor ao redor do pescoço. Assustada, ela tirou o acessório e procurou um hospital.

carregador celular iphone 0817 1400x800
MichelGuenette/iStock

Risco de usar carregador pirata

A norte-americana não teve complicações severas por causa da queimadura, apesar da dor e da marca ao redor do pescoço.

celular iphone mao 0118 1400x800
blackzheep/Shutterstock

No estudo, os especialistas alertam que esse tipo de ferida pode causar problemas mais sérios, como infecção dos tecidos, obstrução das vias aéreas e uma série de outras condições dolorosas e potencialmente fatais.

O artigo ainda cita alguns estudos realizados para verificar a segurança dos carregadores genéricos, aqueles que não são originais das marcas que produzem celulares, como Apple e Samsung.

Os testes verificaram se as barreiras entre o circuito elétrico e as partes que ficam em contato com o usuário são suficientes para evitar o choque.

Para ter uma ideia de como os carregadores piratas são perigosos, 99% deles foram reprovados por uma das avaliações.

Risco de deixar celular carregando na cama

Muitos dos casos de lesões que envolvem carregadores acontecem na cama. Quanto mais próximo esses dispositivos ficam do corpo, maior o risco de sofrer uma queimadura.

Getty Images

Os médicos do artigo aconselham a não dormir com o celular carregando na cama, seja o carregador original ou não. Apesar de o pirata oferecer riscos muito mais elevados, é melhor se prevenir, já que o calor gerado pelo aparelho, principalmente se abafado por travesseiros ou roupa de cama, podem causar acidentes.

Eles também ressaltam a importância de não deixar o aparato ligado à tomada sem estar conectado ao aparelho, já que isso também aumenta o perigo de acidentes.

E aí, acha que vale a pena investir um pouco mais no carregador original?

Mais notícias sobre carregadores