explore

Brasileiro está empolgado e revoltado com a retrospectiva 2018 do Spotify: reações

meu spotify 1218 1400x800
Spotify/Reprodução

Já virou tradição para o Spotify – serviço de streaming de música – liberar um recurso que possibilita fazer uma retrospectiva musical do ano, e, usando essa ferramenta, é possível descobrir quanto tempo de música as pessoas ouviram durante o ano, assim como os artistas e gêneros mais escutados.

Com a chegada de dezembro, o "Meu Spotify" foi liberado e empolgou um bocado muitos brasileiros, que compartilharam suas estatísticas nas redes sociais.

Muitos não se surpreenderam com os resultados e com a playlist criada pelo app para representar o 2018 de cada um, mas alguns perceberam detalhes inusitados e, é claro, fizeram comentário engraçadíssimos.

Retrospectiva do Spotify: empolgação, revolta e confusão

Esperando encontrar seu artista preferido no topo do ranking de mais ouvidos, algumas pessoas ficaram estarrecidas quando a retrospectiva mostrou outra coisa:

Outros se chocaram ao transformar o número de minutos que passaram escutando música em horas e até meses:

Alguns usuários descobriram que, apesar de curtir algumas novidades musicais, não conseguem deixar de lado os clássicos:

Outros se divertiram com a mistura inusitada de músicas proporcionada pela playlist:

Houve também usuários do app descobrindo que talvez precisem criar uma conta própria:

Alguns se descobriram um bocado ecléticos:

Outros viram que o resultado não necessariamente tem relação com o que a pessoa realmente teve vontade de ouvir:

E outros simplesmente não descobriram nada:

Novidades nas redes sociais