explore

Fechar aplicativos NÃO ajuda a economizar bateria do seu celular; saiba por quê

celular bateria uso 0117 1400x800
nito/Shutterstock

Imagine a seguinte situação: seu celular está com menos de 10% de bateria. Você esqueceu o carregador em casa e precisa dar um jeito de fazer sua bateria durar por pelo menos mais uma hora. O que você faria para poupar a carga?

 Desligar o 3G (ou 4G), desativar bluetooth e localização, fechar aplicativos abertos… Opa, pera lá! Você já parou para pensar se ficar deslizando para a lateral apps que você costuma checar, como Facebook, Twitter, WhatsApp, Configurações do Celular, Spotify e muitos outros realmente ajuda a salvar a sua bateria?

A resposta é… não! Na verdade, isso pode até piorar as coisas e fazer com que seu celular gaste mais bateria.

Por que fechar apps não adianta?

celular aplicativos fora tela 0117 1400x800
ESB Professional/Shutterstock

Quando um aplicativo aparece na listagem da tela, ele fica inativo e não faz nada: está apenas em uma fase de transição que facilita para que o usuário retome de onde parou antes de alternar para outro app.

Mas, quando se trata de celulares Android e iOS, algoritmos ajudam a desempenhar uma função que poucos sabem: eles gerenciam a memória do seu celular, e fecham os aplicativos que estão inativos (ou, melhor, numa fase ‘dormente’), para evitar consumo desnecessário de energia.

Os apps inativos são memorizados pelo algoritmo – por isso, quando o abrimos na listagem, ele retoma de onde tínhamos deixado.

Quando deixamos o app na lista, a memória do celular o lê mais rapidamente. Ao deslizar o app pela lateral, ele é fechado, e quando for preciso abri-lo novamente, vai consumir mais memória e, consequentemente, mais bateria.

“É bem melhor deixar o sistema funcionar para você, ao invés de forçá-lo a reabrir e reiniciar tudo o tempo todo”, recomenda a Wired, revista especializada em tecnologia.

Engenheiros de software do Android e do iOS confirmaram isso. Ao ser perguntado sobre se fechar a listagem multitarefas do iPhone ajuda a economizar bateria, o chefe de sistemas da Apple, Craig Federighi, respondeu um sucinto “não” ao consumidor curioso por e-mail.

O vice-presidente de engenharia do Android, Hiroshi Lockheimer, foi ainda mais além: fechar a listagem de apps “pode até piorar” a bateria, “a não ser que você e o algoritmo sejam um só”, brincou via Twitter.

Aplicativos no background

Ao deixar o app na listagem, ele fica inativo quando não aparece na tela. Essa é uma condição diferente de aplicativos no background, ou seja, que operam mesmo quando não abrimos, como é o caso das notificações de Gmail, recebimento de mensagens do WhatsApp, atualizações do Instagram etc.

Mesmo que você deslize esses apps, eles vão continuar enviando atualizações, a não ser que desligue a rede de dados ou o wi-fi – algo que com certeza você já terá feito, se realmente precisa economizar bateria.

Truques para carregar bateria do celular