mulher

Deborah Secco revela como "chegou" em Hugo Moura: "Você vai ser pai dos meus filhos"

deborah secco hugo moura 2 1219 1400x800
Leo Franco/AgNews

Juntos desde 2015, Deborah Secco e Hugo Moura são pais da pequena Maria Flor e aparentam ter uma relação bastante divertida e cheia de parceria, mas a forma como eles começaram a namorar não foi nada convencional - e, em um papo com a apresentadora Thais Fersoza, ela disse que foi ela quem deu o primeiro passo.

Deborah Secco conta como conheceu o marido

Conforme revelou Deborah em um vídeo publicado recentemente no canal de Fersoza no YouTube, tudo começou quando a atriz estava em um relacionamento que lhe fazia mal. “Eu estava em uma relação muito ruim com um cara casado, já estava há dez meses ele falando que ia separar… Eu estava muito, muito infeliz”, disse.

Instagram

Triste com a situação, ela um dia implorou para que uma pessoa boa surgisse em seu caminho. “Cheguei em casa tão triste, ajoelhei no chão, rezei e pedi. Falei: ‘Meu Deus, se eu sou merecedora de alguma coisa, me manda uma pessoa. Estou aqui humildemente te pedindo, ajoelhada’”, confessou.

Em seguida, após tomar banho, Deborah abriu seu Instagram e acessou a aba “explorar”, que reúne postagens com o “perfil” do usuário, dando de cara com uma foto de Hugo. “Falei: ‘Pronto, é esse meu marido, pai dos meus filhos’”, lembrou a atriz, buscando formas de conhecer o rapaz.

Instagram

“Fiquei atrás para saber como aquela foto tinha parado no meu ‘explorar’, quem eu conhecia que conhecia ele, aí cheguei numa grande amiga. No dia seguinte, eu ia encontrar com ela, aí cheguei e falei: ‘Meu assunto hoje é com você. Quem é meu marido, pai dos meus filhos?’”, explicou, lembrando que mostrou a foto de Hugo.

Aconselhada a seguir o modelo e curtir as fotos dele, Deborah o fez e, ao chegar em casa no final do dia, viu que tinha uma mensagem dele. “Era ele falando: ‘Ah, coincidência, a Fernanda falou muito bem de você’. Falei: ‘Coincidência não, você vai ser meu marido, pai dos meus filhos’”, comentou a atriz.

Instagram

Sem se intimidar com a fala direta da atriz, Hugo respondeu que, se era marido e pai dos filhos de Deborah, os dois tinham de se conhecer, e os dois se encontraram naquele mesmo dia. Conforme conta, Deborah caracteriza o encontro dos dois como uma sorte grande, e ela logo percebeu que, com ele, seria diferente.

“A gente ficou conversando e eu vi que ele era um cara muito diferenciado, um cara bom, puro. Aí eu falei para mim: ‘Eu não vou errar com esse cara’. Fui muito sacaneada por todos os homens, sofri muito, mas também não era uma santa”, afirmou ela, contando o que a fez trair outras pessoas com quem se relacionou.

“Eu sempre traí para sair da relação, precisava me apaixonar por alguém para ir embora. Hoje eu entendo totalmente, na época tinha um apego a relações abusivas, um apego aos maus tratos. Só conseguia me livrar daquilo traindo”, revelou a atriz, que, naquela noite, decidiu se abrir com Hugo.

Instagram

“Eu não era uma pessoa correta, não era sincera, então com o Hugo eu tive esse ‘insight’ e falei: ‘Não vou errar com você, então vou te contar quem eu sou’. Nunca fiz isso com ninguém. Sentei e contei tudo o que eu fiz”, disse Deborah, ressaltando ter se sentido bem com a atitude - que deu início a um relacionamento cheio de sinceridade.

“Vi o quanto era bom você ser você, você assumir que não é perfeito, que errou, mas se abraçar, sabe? Hoje, a gente tem uma relação onde eu não tenho nenhum segredo, tudo o que eu fiz ele soube por mim, e isso fortalece a gente. Ele me aceitou e me amou do jeito que eu sou. Acho que, pela primeira vez, fui amada pelo que sou”, disse.

As "previsões" da atriz sobre a vida, porém, não acabaram aí. Questionada sobre ter idealizado uma época para se casar e ter filhos, ela respondeu revelando outra situação inusitada. "Eu fiz um plano com Deus de que ia engravidar aos 35 anos de uma menina chamada Maria, sagitariana. Isso a minha vida inteira", concluiu a atriz, que deu à luz Maria Flor no dia 4 de dezembro de 2015, aos 36 anos.

Assista ao vídeo completo:

Deborah Secco: amor, maternidade e mais