Cantora reata casamento após terapia de casal: como método funciona na prática

perlla marido 2 1019 1400x800
Anderson Borde/Agnews

A cantora Perlla e o marido, o músico Cássio Castilhol, reataram o casamento. A notícia foi confirmada pela própria equipe da artista. Para retomar a relação após uma separação de seis meses, Perlla e Cássio investiram na terapia de casal como estratégia de ajuda ao relacionamento.

A psicóloga Elaine Di Sarno explica o funcionamento da terapia de casal na prática e outros detalhes do procedimento, como, por exemplo, quando é o momento certo de apostar nele.

Perlla retoma casamento após terapia de casal

perlla aniversario 11 18 1400 800
Anderson Borde/Agnews

Separados por seis meses, Perlla e Cássio, que são pais de duas meninas, decidiram retomar o casamento de oito anos após iniciarem sessões de terapia de casal.

A assessoria de imprensa da cantora não informou o motivo da separação do casal, mas explicou, por meio de nota, o que os motivou a procurar ajuda profissional para enfrentar os problemas do relacionamento.

“Ambos estavam com a cabecinha confusa e querem viver bem”, diz o comunicado enviado ao VIX.

Com a ajuda do terapeuta de casal, cantora e o marido se descrevem mais maduros e dizem ter conseguido perdoar um ao outro.

perlla aniversario 2 11 18 1400 800
Anderson Borde/Agnews

Terapia de casal

O que é?

De acordo com Elaine, a terapia a dois ajuda o casal a identificar as ansiedades que pressionam cada parte e que reverberam no relacionamento, buscando investigar como o problema se inicia. O método também visa acolher, intervir e provocar a revisão das estratégias até então usadas nas situações de sofrimento.

Assim como ocorre no atendimento individual, a terapia de casal pode ser feita com base em diferentes linhas teóricas dentro da psicologia, como a psicanálise, a terapia sistêmica e a psicologia da Gestalt. Elaine explica como funciona o método em sua abordagem, a terapia cognitivo-comportamental, que é bastante popular.

“Os principais objetivos da TCC no tratamento de casais em conflito são a reestruturação de cognições inadequadas, o manejo das emoções, a modificação de padrões de comunicação disfuncionais e o desenvolvimento de estratégias mais eficazes para a solução de problemas cotidianos”, explica Elaine.

Como funciona?

terapia de pareja
Dima Sidelnikov/shutterstock

Assim como na terapia individual, não existe uma cartilha para se trabalhar os problemas conjugais de um casal. O procedimento das sessões depende, basicamente, de como são os pacientes, o relacionamento do casal e o objetivo do par com a terapia.

O que existe, segundo Elaine, são cinco princípios comuns a todas as abordagens terapêuticas usadas com casais, sendo que cada profissional pode escolher qual deles irá utilizar com seus pacientes. São eles:

  1. alterar a visão do problema para uma perspectiva mais objetiva, contextualizada e didática da situação;
  2. diminuir comportamentos disfuncionais desencadeados por estados emocionais;
  3. estimular comportamentos ligados às emoções que são evitados ou ficam reprimidos;
  4. aumentar padrões de comunicação construtivos;
  5. enfatizar aspectos fortes e ganhos.
Instagram

A partir desses princípios, a terapia segue adiante com o psicólogo como facilitador e mediador do diálogo entre o casal.

Sessões individuais e a dois

As sessões da terapia de casal são geralmente divididas entre encontros individuais com cada uma das partes e encontros em que ambos estão presentes.

“De início, a sessão é realizada com a presença de ambos os cônjuges. Isso para que o terapeuta possa verificar as áreas problemáticas no relacionamento, a interação entre o casal, como eles se comunicam, os pontos fortes da relação, os fatores externos que possam estar estressando os parceiros, etc.”

psicologo terapia psicologica
Photographee.eu vía Shutterstock

Com as informações em mãos, são realizadas sessões individuais com o objetivo de coletar dados que talvez não tenham sido apresentados a princípio por um dos parceiros, por possíveis inibições na presença do outro.

“Assim, são feitas estratégias para trabalhar a comunicação do casal, para que possam compartilhar experiências gratificantes e contribuindo para a manutenção de um relacionamento afetuoso e dedicado”, diz Elaine.

Quanto à periodicidade, normalmente a terapia de casal acontece uma vez por semana com o casal unido e o comparecimento individual é feito conforme a necessidade.

Quem faz terapia de casal

casal confianca maos 0619 1400x800
fizkes/Shutterstock

Muitos problemas na relação levam um casal procurar terapia. Elaine destaca o aumento das discussões, insatisfação na área sexual, dificuldades específicas ou um conjunto de problemas, estresse, infidelidade, brigas corriqueiras, ciúme excessivo e falta de comunicação adequada.

Vale lembrar também que todos os tipos de casais podem procurar ajuda profissional quando acharem necessário. Ou seja, a terapia conjugal vale para todos os tipos de relacionamentos: para casais em união estável, namorados, casais que moram juntos, em uniões homoafetivas, etc.

“Não é necessário ter uma formalização civil para fazer terapia de casal. Trata-se de uma forma saudável e madura de tentar lidar com as diferenças e buscar um maior companheirismo na relação, ou mesmo trabalhar com um possível processo de separação ou divórcio de forma amigável”, pontua Elaine.

Quando fazer terapia de casal

ex casal namoro 0119 1400x800
ThiagoSantos/Shutterstock

As indicações mais comuns para uma terapia de casal remetem a situações nas quais os indivíduos apontam a relação ou o parceiro como o foco de seus sofrimentos.

Infelizmente, muitos casais passam por conflitos resultando em crises, mas normalmente esperam o limite dos problemas para buscar ajuda profissional.

Elaine ressalta, porém, que diante dos conflitos é preciso que se busque o auxílio profissional sempre que o casal identificar uma insatisfação na relação a dois, e não apenas como último recurso. Desta forma, é possível evitar que o relacionamento chegue a um estágio extremo.

Relacionamento: perrengues e acertos