Psicóloga lista 4 tipos de infidelidade e 10 causas para traição

traicao infidelidade flerte 0819 1400x800
studiostoks/Shutterstock

O conceito de infidelidade em um relacionamento amoroso é bastante particular e deve ser definido unicamente pelos parceiros envolvidos, já que cada casal possui dinâmica própria e contratos que dependem de diversos fatores.

É possível dizer, no entanto, de uma forma geral, que existem 4 tipos básicos de infidelidade, segundo Glennia Goulart, psicóloga com especialização em sexualidade. Em um artigo para o site SexoSemDúvida.com, a profissional explica cada um deles:

Tipos de infidelidade

traicao poliamor menage 0119 1400x800
golubovystock/shutterstock

Emocional: como indica a própria definição, consiste na infidelidade em que há um envolvimento emocional com uma pessoa fora do relacionamento.

Virtual: quando os envolvidos trocam mensagens ou conversam por vídeo. O consumo de pornografia também se encaixa neste tipo.

traicao mulher cama 0518 1400x800
Photographee.eu/Shutterstock

Sexual: caracterizado apenas por relações sexuais casuais, sem compromisso ou envolvimento emocional.

Objetal: quando um objeto ou uma situação afasta os parceiros. Por exemplo: um hobby que faz com que o casal nunca esteja junto ou quando um parceiro se dedica muito a algo para ficar longe do outro.

10 causas para a traição no sexo

infidelidade traicao homem 0117 1400x800
skynesher/istock

A psicóloga ainda firma que é possível determinar os principais motivos pelos quais ocorrem traições. São eles:

  • Insatisfação no relacionamento
  • Inseguranças
  • Brigas constantes
  • Distanciamentos afetivos
  • Problemas na cama
  • Falta de diálogo entre o casal
  • Baixa autoestima
  • Dificuldade com intimidade
  • Depressão
  • Vício/dependência de sexo

Como lidar com a infidelidade no casamento

casal conversa romance 0717 1400x800
laflor / iStock

Superar uma traição e tentar dar nova chance ao relacionamento é possível, de acordo com a profissional, mas o processo vai depender muito do esforço de ambas as partes. O casal deve observar fatores como o amor que ainda existe, a capacidade de reconexão e se há possibilidade de restaurar a honestidade que foi quebrada no processo.

É importante, primeiramente, que os parceiros compreendam a traição, conversando e fazendo análises sobre os motivos que levaram à infidelidade, entender os sentimentos do outro, se responsabilizar pelas atitudes e, por fim, ser paciente, uma vez que pode levar um tempo para que a confiança se reconstrua.

Traição no relacionamento