mulher

O que Núbia Oliiver aprendeu sobre agradar o homem na cama é muito válido

Conforme contou em um papo com Antônia Fontenelle para o canal da apresentadora no YouTube, a modelo Núbia Oliiver tem uma vida sexual de mais de 30 anos – e certamente já aprendeu muito nesse caminho.

Para ela, os papéis atribuídos a homens e mulheres com relação ao sexo são antiquados, e perceber isso fez com que ela mudasse sua conduta quanto a algo que muitas vivenciam em relacionamentos.

View this post on Instagram

O #amor deve ter intuito de acrescentar, amparar, nunca de ser salvo ou salvar alguém de si mesmo. Amor não deve ser temido, há que se haver a possibilidade de falar o que sente, tendo certa segurança na #relação. O sentimento deve ser seguro de sua estrutura, não líquido, descartável. Viver com medo de ser descartado é muito complicado. Pensemos numa dupla, sem líderes, mas companheiros, caminhando rumo ao desenvolvimento fértil e criativo. O meio é o #poder predominam onde reina a insegurança, nao amor. Amor tóxico remete a #toxicomania, importante definir a relação com o objeto droga. O que traz prazer? Dor? Qual o #gozo e a dor nessa #relação? #texto:@psicanalisetododia —— #psicologia #psicanalise #relacionamentosabusivos #relacoestoxicas

A post shared by NUBIA OLIIVER 🅰️+ (@nubiaoliiver) on

Agradar homem no sexo: aprendizado de Núbia

No vídeo, Antônia pergunta se Núbia alguma vez já topou fazer na cama algo que normalmente não gostaria, apenas para agradar a outra pessoa, e a reposta da modelo foi precisa. “Eu acho que toda mulher já se submeteu a um passado desse”, comentou Núbia, ressaltando que muito disso é fruto da sociedade machista que vê uma “função” específica para a mulher.

“A gente é muito sugestionável. A gente é criada para manter um casamento bom, engolir sapo”, explicou a modelo. Para ela, isso é algo que acontece especialmente quando se fala em fantasias sexuais, já que, por crescerem com a ideia de que precisam servir ao homem, muitas mulheres não impõem as próprias vontades durante o a relação sexual.

Conforme contou Núbia, em dado momento, ela passou a dar uma resposta diferente para propostas de realizar fantasias. “Tudo bem, eu também quero a minha [fantasia]”, comentou a modelo, afirmando que, apesar de raramente alguém topar essa “troca”, satisfazer um parceiro sem sair satisfeita não compensa.

“Já passei por situações onde agradei demais e não adiantou nada. Então, hoje, primeiro sou eu, para depois agradar você”, concluiu.

Content temporarily unavailable: https://www.instagram.com/p/BqXBH9znAnN/

Sexo: dicas, cuidados e mais