10 hábitos e alimentos que ajudam os homens a melhorar a qualidade da ereção

homem puxando cueca 0317 1400x800
Tuomas Lehtinen/Shutterstock

Alimentação balanceada e bons hábitos são os pilares para a longevidade e para a manutenção da saúde em todos os aspectos, inclusive o sexual. Homens que desejam melhorar a qualidade da ereção e diminuir as chances de sofrer de disfunção erétil podem, por exemplo, conquistar bom desempenho de forma natural e sem uso de medicamentos.

Hábitos que melhoram a ereção do pênis

1. Uma boa noite de sono é fundamental para o bom funcionamento do corpo e da mente. Dormir mal ou poucas horas afeta os ciclos normais de ereções que acontecem durante a noite e pode ainda interferir no desejo sexual.

exercicio corrida noite 0617 1400x800
Halfpoint/Shutterstock

2. A prática regular de exercícios é uma excelente maneira de perder peso e evitar problemas de ereção recorrentes em homens com obesidade. Além disso, atividades físicas aumentam a testosterona, hormônio essencial para a excitação sexual.

3. Abandonar o consumo de refrigerantes também é recomendável. De acordo com os pesquisadores, homens que bebem mais de um litro da bebida por dia têm maiores chances de sofrer de disfunção erétil e de terem reduzidas suas contagens de esperma em 30%.

alcool jovem adolescente 0716 630x350
Photographee.eu/ShutterStock

4. Além do refrigerante, é recomendável ainda controlar o consumo de bebidas alcoólicas que, em excesso, favorecem a supressão do sistema nervoso central, podendo causar diminuição na sensibilidade aos estímulos sexuais.

5. Não são poucos os motivos pelos quais o tabagismo deve ser evitado, mas sabia que fumar também prejudica a vida sexual? O ingrediente principal dos cigarros, a nicotina, é um vasoconstritor, o que dificulta a dilatação das artérias no pênis, compromete fluxo de sangue e, consequentemente, prejudica a ereção.

Alimentos que melhoram a qualidade da ereção

cafe xicara espresso 0717 1400x800
KucherAV / iStock

6. O café pode deixar o pênis mais forte: um estudo realizado pela Universidade do Texas, EUA, apontou que homens que tinham o hábito de beber entre 2 e 3 xícaras de café por dia eram menos propensos a relatar problemas de disfunção erétil.

7. Além de ajudar a regular os níveis de colesterol e promover saciedade, nozes e outras oleaginosas também podem contribuir para melhora da ereção, libido e na satisfação sexual em geral. Por serem ricas em gorduras boas, fortalecem o coração e, consequentemente, o bom funcionamento do pênis.

frutas vermelhas colher 0916 1400x800
iravgustin/shutterstock

8. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Harvard, o consumo de frutas vermelhas, cítricas e maçã é capaz de reduzir os riscos de disfunção erétil, uma vez que os alimentos são ricos em flavonoides, que melhoram a saúde dos vasos sanguíneos ao relaxar as artérias.

9. Alimentos comuns em uma dieta mediterrânea, ou seja, peixes, nozes, leguminosas, grãos integrais e azeite de oliva, por exemplo, por serem fontes de fibras, antioxidantes e gorduras boas podem ter propriedades anti-inflamatórias que melhoraria o fluxo sanguíneo e, consequentemente, a ereção. Além disso, os alimentos do grupo podem elevar os níveis de testosterona.

10. Além de evitar gripes e resfriados, a vitamina C também é conhecida por melhorar não somente a qualidade da ereção, como também dos espermatozoides. Portanto, vale a pena apostar em alimentos que são boas fontes da vitamina, como laranja, manga, tomate, brócolis, espinafre, entre outros.

Ereção e excitação masculina