pop

A mensagem oculta por trás da participação de Paul McCartney nos Simpsons

linda paul mccartney os simpsons 0417 1400x800
reprodução

O episódio chamado "Lisa, a Vegetariana" da sétima temporada de “Os Simpsons”, que foi ao ar em 1995, teve a participação de um dos convidados mais importantes da história da série, o lendário ex-Beatle Paul McCartney. No capítulo, Lisa decide se tornar vegetariana e é ridicularizada por toda a sua família, mas apoiada por Paul e Linda McCartney (também uma convidado especial), segue adiante com sua nova crença.

Defesa ao vegetarianismo e brincadeira com mito

Paul McCartney é vegetariano e um dos padrinhos da campanha Segunda Sem Carne na Grã-Bretanha, por isso, o episódio foi uma ótima oportunidade para finalmente incluir o ex-Beatle, único sobrevivente que ainda não tinha aparecido como convidado em Os Simpsons (Ringo Starr apareceu no episódio "Brush with Greatness" em 1991 e George Harrison em "Homer’s Barbershop Quartet" em 1993).

No entanto, para aceitar o convite, McCartney exigiu uma condição aos produtores da série: depois, Lisa teria que se manter vegetariana para o resto da série. Os produtores concordaram e esta é desde então uma das poucas mudanças permanentes na série.

Mensagem subliminar em "Os Simpsons"

E claro que, para aproveitar a presença de uma figura como Paul McCartney, o episódio se esbaldou em referências à sua carreira musical. Uma delas é a canção “Maybe I’m Amazed”, de 1970, gravada no primeiro álbum solo de Paul. A música é dedicada precisamente à Linda, que o ajudou a superar a separação dos Beatles.

No episódio, McCartney diz à Linda que se você tocar a música “Maybe I’m Amazed” de trás para frente, vai encontrar a receita para uma sopa de lentilhas verdadeiramente deliciosa. Esta é uma brincadeira em referência a uma das mais famosas teorias da conspiração musical: a de que, na verdade, Paul McCartney está morto.

Essa teoria começou como um rumor em Londres na década de 1960 e foi ganhando popularidade, patrocinada por "várias supostas pistas". Muitas delas vieram do famoso hábito de escutar os álbuns de trás pra frente, em busca de 'mensagens subliminares'. Diz a lenda que ao escutar as músicas "Strawberry Fields Forever", “I’m So Tired” o “Revolution #9” ao contrário, é possível encontrar referências claras à morte de Paul.

Assim, os produtores de “Os Simpsons” e Paul McCartney decidiram ir até às últimas consequências com a paródia a este fenômeno, e no final do episódio, começam a tocar uma versão modificada de “Maybe I’m Amazed”, que continua durante o créditos. O mais incrível: você pode encontrar a receita para a sopa de lentilha que Paulo mencionou:

- one medium onion, chopped- two tablespoons of vegetable oil- one clove of garlic, crushed- one cup of carrots, chopped- two sticks of celery, chopped- half a cup of lentils- one bay leaf- one tablespoon of freshly-chopped parsely- salt and freshly-ground pepper to taste- two and a quarter cups of vegetable stock or water- oh by the way, i'm alive!

Traduzindo: “- uma cebola média picada - duas colheres de sopa de óleo vegetal - um dente de alho, esmagado - um copo de cenouras picadas - duas hastes de aipo, picadas - metade de um copo de lentilhas - uma folha de loura - uma colher de sopa de salsa fresca picada - sal e pimenta a gosto - dois copos e um quarto de caldo de vegetais ou água”.

E como último comentário, há ainda uma frase escondida no final da receita em que McCartney dize: "Ah, e por falar nisso, eu estou vivo. (oh by the way, i'm alive!)“. Confira:

Mais séries animadas