Série mais cara já feita pela Netflix estreia esse mês; conheça (e saiba quanto custou)

*Matéria publicada em 03/08/2016

Com mais de 80 milhões de assinantes, não é surpresa que a Netflix comece a investir cada vez mais na quantidade e na qualidade das produções próprias. Depois de sucessos como Orange is the New Black, House of Cards e a recente Stranger Things, a empresa se prepara para lançar The Get Down, que marca o maior investimento da história do serviço.

A série se ambientará na cena de hip hop, rap e disco de Nova York na década de 1970 e é dirigida por Baz Lurhman, responsável por filmes como O Grande Gatsby e Moulin Rouge. The Get Down vai custar cerca de US$ 120 milhões à Netflix (cerca de R$ 396 milhões) – um novo recorde de preço para a empresa, cujo investimento mais alto até hoje havia sido Marco Polo, de US$ 90 milhões (cerca de R$ 297 milhões). 

Por que produzir uma série custa tão caro?

O orçamento inicial era bem mais baixo – a estimativa para cada um dos 12 episódios era de US$ 7,5 milhões. No entanto, à medida que o roteiro foi sendo desenvolvido, custos extras começaram a pipocar. “Todos os episódios têm números de dança completos e eles levaram muito mais tempo para ficar prontos do que imaginávamos”, explicou o roteirista Nelson George ao site americano Variety. Para isso, foi necessário contratar uma equipe e um estúdio de dança para ensinar os movimentos ao elenco. Soma-se a isso o preço dos direitos autorais de uma série de músicas da época, a contratação de músicos para criar canções originais, os gastos com elenco e o uso de espaços de Nova York, uma das cidades mais caras do mundo.

Mais detalhes

Ainda de acordo com a Variety, o projeto da série começou há dois anos e meio na Netflix e teve diversas mudanças na direção criativa durante esse período, o que teria gerado grande tensão entre o diretor e os produtores. No entanto, a empresa afirmou que o esforço – e o gasto - valeram a pena. “Nós apoiamos nossos artistas e suas visões do produto. Trabalhar com Baz e sua equipe e foi recompensador e muito inusitado”, declarou a diretora de conteúdos originais da Netflix, Cindy Holland.

O preço alto, no entanto, vai afetar os espectadores, que vão ter que esperar mais para assistir à obra completa. Fugindo ao formato tradicional, a primeira temporada da série será lançada em duas levas. A primeira, com 6 episódios, será lançada em 12 de agosto de 2016, e o restante, só em 2017.

Mais produções da casa:conheça 8 séries originais da Netflix