mulher

Não é só impressão sua: estudo mostra que os brasileiros estão ficando mais altos

altura estatura medicao 1220 1400x800
Mingirov Yuriy/shutterstock

Você tem a sensação de que as crianças de hoje estão crescendo muito mais rápido do que antigamente? Pois saiba que não é só impressão: nos últimos 35 anos, os brasileiros têm ficado mais altos, realmente. De acordo com um estudo realizado pela universidade britânica Imperial College London, a altura média de crianças e adolescentes no Brasil aumentou 4 centímetros desde 1985.

O aumento de estatura fez com que o país subisse dezenas de posições no ranking global, segundo mostra o levantamento divulgado no dia 7 de novembro de 2020 pela revista The Lancet. A pesquisa aponta que os brasileiros estão crescendo, mas isso não significa, exatamente, que estão mais saudáveis.

Brasileiro cresceu e engordou nos últimos 35 anos

medico conferindo altura 0916 1400x800
wavebreakmedia/Shutterstock

Os brasileiros foram um dos povos que mais cresceram no ranking global, de acordo com o estudo. Atualmente, as estaturas médias de meninas e meninos de 5 anos no Brasil são de 1,13 m, e 1,15 m, respectivamente.

Entre os adolescentes, aos 19 anos, as médias são de 1,62 m (mulheres) e 1,75 m (homens). Os números representam aumento de quatro a cinco centímetros em relação a 1985, em todas as faixas etárias analisadas.

Para realizar os cálculos, a equipe de pesquisadores coletou dados de 65 milhões de crianças de 5 a 19 anos de 193 países, no período de 1985 a 2019.

mulher altura baixinha 0117 1400x800
Serhii Dobrories/shutterstock

A comparação entre os registros mundiais mostrou ainda que a diferença entre um jovem de 19 anos entre o país mais alto e o mais baixo é de 20 cm. Os cientistas afirmam que a disparidade sinaliza uma lacuna nutricional entre as populações.

Além da avaliação da estatura, a pesquisa observou também o Índice de Massa Corporal (IMC) das crianças e dos adolescentes em todo o mundo. No Brasil, o IMC cresceu dois pontos na faixa etária estudada. Em 1985, um menino de cinco anos possuía, em média, um IMC de 15,1. Nos dias atuais, a média é de 17,2.

obesidade imc alto 0417 1400x800
bert_phantana/iStock

O IMC ajuda a descobrir se uma pessoa apresenta um peso saudável para sua altura. Pela pesquisa, é possível afirmar, portanto, que além de crescer, o brasileiro está também ganhando mais peso nos últimos anos.

Os mais altos e os mais baixos do mundo

O levantamento britânico identificou que Holanda, Montenegro, Dinamarca e Islândia são os países que abrigam os jovens de 19 anos mais altos do mundo. Timor-Leste, Papua Nova Guiné, Guatemala e Bangladesh, por outro lado, são as nações em que os jovens da mesma idade apresentam as menores estaturas.

altura homem gigante 0317 1400x800
Diego Schtutman/shutterstock

Além do Brasil, outros países que apresentaram elevações nas alturas médias de sua população foram os de economias emergentes, como China, Coreia do Sul, entre outros.

Estatura, peso e saúde