explore

Dinho Ouro Preto está com dificuldade para cantar após pegar COVID-19

dinho ouro preto cantor 0520 1400x800
TV Globo/Zé Paulo Cardeal

Um dos infectados pelo novo coronavírus no Brasil, o cantor Dinho Ouro Preto contou como foi a sua experiência com a COVID-19 e as sequelas que a doença deixou em seu corpo.

De acordo com o artista, mesmo depois de se curar, sua voz foi um pouco prejudicada e ele sentiu dificuldade para respirar, além de outros impactos que a doença lhe acarretou.

Dinho Ouro Preto revela que COVID-19 prejudicou sua voz

dinho ouro preto 0720 1400x800
Reprodução/Globo

O cantor falou sobre o assunto em participação no programa “Encontro com Fátima Bernardes” (TV Globo), em que conversou com Patrícia Poeta sobre os efeitos que a COVID-19 trouxe aos seu corpo.

“Não foi uma versão assintomática e sequer uma versão leve, foi uma versão mediana. Tive 15 dias de febre, uma dificuldade de respirar no final. Mas eu consegui me curar sem precisar de hospitalização”, disse Dinho.

Ao falar de seus problemas pulmonares derivados da infecção por coronavírus, Dinho percebeu que a recuperação foi difícil.

pulmao crianca pneumonia 0819 1400x800
Guzel Studio/Shutterstock

“Foi um pouco mais demorada do que eu antecipava. Fiquei com problemas nas cordas vocais, tive dificuldade de cantar, cheguei a fazer umas sessões de fono para recuperar a minha voz.”

Durante toda a entrevista de Dinho, era perceptível que a voz do cantor estava, de fato, mais fraca do que costumava ser.

Até agora, o cantor sente que não voltou ao estado normal. “Antes eu corria diariamente, eu ainda não voltei à forma de antes. Mas está tudo bem.”

Coronavírus