Como fazer máscaras de tecido seguindo as novas orientações da OMS

mascara protecao coronavirus 0620 1400x800
evrymmnt/Shutterstock

Em meio à pandemia de COVID-19, autoridades em saúde recomendam que todas as pessoas usem máscaras ao sair de casa – e, recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) fez novas orientações sobre como devem ser os itens feitos de tecido. Agora, a recomendação é a de que as máscaras de pano tenham três camadas, e os tecidos devem ter propriedades específicas.

Como fazer uma máscara tripla

Conforme anunciou a OMS na última semana, o ideal é que máscaras de tecido tenham três camadas para que se tenha o máximo de eficiência possível contra o novo coronavírus, cujo contágio se dá principalmente pelas vias respiratórias. Estes tecidos, porém, devem ter propriedades específicas para assegurar uma melhor proteção tanto para quem está usando a peça quanto para as outras pessoas.

mascara tecido caseira 0420 1400x800
Anjurisa/Shutterstock

Camada externa

Nas novas orientações, a OMS afirma que o tecido usado na parte externa da máscara deve ser resistente à água para que ela não absorva com facilidade as gotículas que podem entrar em contato com a superfície de peça. Neste caso, é possível apostar em tecidos como polipropileno (TNT) ou poliéster (usado frequentemente na fabricação de roupas).

Camada intermediária

Já o tecido intermediário deve agir como um filtro extra, então é possível utilizar outra camada do polipropileno ou até algodão.

Camada interna

A parte de dentro (que fica em contato com o rosto), por sua vez, deve ser feita com um tecido absorvente, para evitar que as gotículas expelidas na tosse ou espirro fiquem acumuladas sobre o pano, como o algodão. Enquanto isso, os elásticos podem ser de qualquer tipo.

mascara tecido covid coronavirus 2 0620 1400x800
Sergey Diordiev/Shutterstock

Passo a passo para fazer máscara de tecido

Para fabricar a máscara, as instruções ainda são as mesmas: basta cortar os tecidos seguindo moldes facilmente encontrados na internet e unir as camadas usando uma máquina de costura, colocando elásticos nas extremidades. Caso a peça fique muito larga ou machuque as orelhas, há várias formas de se fazer um extensor para máscaras, aliviando o desconforto e ajustando melhor o item no rosto.

Aqui, é importante lembrar que máscaras de tecido devem ser lavadas após cada uso, além de bem inspecionadas antes do uso para checar se há alguma sujeira ou furo no tecido. Tanto na hora de confeccioná-las quanto no momento de colocar ou tirar a máscara, é importantíssimo estar com as mãos desinfetadas, algo que pode ser feito tanto com álcool em gel quanto com água e sabão.

Máscara contra COVID-19: dicas, orientações e mais