OMS dá novas orientações sobre máscara de tecido: ela deve ser feita de jeito diferente

mulher mascara coronavirus 0420 1400x800
Buda Mendes / Equipe/GettyImages

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou novas orientações sobre como as máscaras de tecido devem ser confeccionadas e utilizadas em público para prevenir a COVID-19. O órgão afirma que as diretrizes atualizadas são baseadas em evidências que vêm evoluindo e que ainda é imprescindível que a população continue a proteger sua saúde através do isolamento social e higienização das mãos, além do uso da máscara.

Orientação da OMS para uso de máscaras muda

De acordo com a autoridade mundial de saúde, o aconselhável passa a ser que as máscaras caseiras tenham pelo menos três camadas feitas de tecidos com diferentes propriedades. Até a publicação das novas recomendações da OMS sobre o uso de máscaras, o indicado era que a peça tivesse duas camadas de tecido, sendo ele preferencialmente algodão.

mascara protecao tecido costura 0420 1400x800
TextureWorld/Shutterstock

Conforme especificado no site do órgão, a camada externa da peça, que fica em contato com o ambiente, deve ser feita com um tecido resistente à água. Enquanto isso, a parte interna, que fica em contato com o rosto, deve ser confeccionada com um tecido absorvente, e a camada intermediária serve como um filtro para que nada atravesse a peça, nem de fora para dentro, nem de dentro para fora.

Enquanto pessoas que estão com COVID-19, que estão cuidando de doentes ou que têm mais de 60 anos devem usar máscaras cirúrgicas, as máscaras de tecido são indicadas para a população que não se enquadra nestes grupos – e seu uso requer cuidados. Na hora de colocar, é recomendado higienizar as mãos, tocar apenas os elásticos e certificar-se de que não há nenhum vão entre o tecido e o rosto.

mascara tecido caseira 0420 1400x800
Anjurisa/Shutterstock

Além disso, na hora de tirar, também é recomendado pela OMS que as mãos sejam desinfetadas (seja com álcool ou água e sabão) antes e depois de tocá-la, e que se manuseie o item apenas pelos elásticos. Se ela não estiver suja nem molhada, o órgão aconselha que a peça seja armazenada em um saquinho limpo do tipo “ziplock” – mas o mais recomendado ainda é lavá-la com água e sabão.

É importante lembrar também que o uso da máscara ao sair de casa por si só não é eficaz contra o coronavírus. Além de utilizá-la, é indicado manter distância de outras pessoas, lavar as mãos constantemente e lembrar de não tocar a máscara nem puxá-la para o queixo.

Uso de máscaras contra COVID-19