explore

Como é "túnel de desinfecção" que Israel criou contra o coronavírus?

coronavirus covid 19 0420 1400x800
creativeneko/shutterstock

Em alguns lugares do mundo, a pandemia de COVID-19 está, pouco a pouco, se enfraquecendo e, com isso, diversas iniciativas visando fazer o dia a dia das pessoas voltar ao “normal” estão surgindo. Uma delas, por exemplo, é um túnel de desinfecção criado em Israel, que permitiria aglomerações seguras em eventos após cada um dos participantes estar devidamente livre de vírus nas roupas e no corpo.

Túnel desinfetante para pessoas é criado em Israel

De acordo com o veículo local “The Jerusalem Post”, o equipamento foi criado pela Universidade Bar-Ilan em parceria com a empresa RD Pack. Juntas, estas instituições desenvolveram uma espécie de túnel que, a partir de um spray à base de água, seria capaz de desinfetar quem passa por ali. Para isso, se faz uso de uma tecnologia eletroquímica, que é eficaz e sustentável.

tunel desinfeccao israel 0620 1400x1000
Reprodução/RD PACK LTD

“Esta substância desinfetante é extremamente efetiva, 100 vezes mais do que um desinfetante normal, e a vantagem é a de que a substância é instável”, afirmou Izaak Cohen, desenvolvedor do líquido usado no túnel ao veículo. “Por ser instável, é mais amigável com o ambiente. Outros desinfetantes são mais estáveis e ficam em você, podendo causar vários tipos de queimaduras”, disse ele.

A ideia, com isso, é permitir que aglomerações de pessoas se tornem mais seguras. Sendo assim, ele seria útil na entrada de escolas, hospitais e grandes eventos como shows, fazendo com que a pele, os pertences e as roupas dos frequentadores estejam livres de vírus. De início, ele será testado em uma das entradas do estádio Bloomfield (Tel Aviv) e, para entrar no local, todos passarão pelo túnel, terão a temperatura medida e precisarão usar máscaras.

Coronavírus pelo mundo