Kelly Key revela câncer e diz estar em tratamento desde o ano passado: "Tirei pintas"

Instagram

A cantora Kelly Key revelou estar com câncer de pele. A informação foi dada por ela própria em uma sequência de vídeos no Stories no Instagram.

Kelly Key revela câncer de pele

Segundo depoimento dado no Instagram, Kelly contou ter descoberto o câncer de pele quando estava em Portugal, no final de 2019. De volta ao Brasil, a cantora chegou a passar por mais procedimentos para a remoção das lesões cutâneas no rosto.

Instagram

“Tirei [as pintas da região do buço] e pediram para tirar um pouco mais. Junto com um pouco mais, tirei outras pintas que suspeitavam [ser câncer]. O resultado era que eram pré-cancerígenas. Hoje vou tirar um pouco mais”, disse a cantora.

No vídeo, Kelly mostrou que as lesões removidas agora encontram-se não só no rosto, mas também nas costas e próximas aos seios. Ela ainda falou que acha importante debater o assunto e pretende dar mais detalhes sobre o seu caso no futuro com o intuito de conscientizar a população sobre o tema.

“Vou preparar um material para falar disso, porque acho super útil, as pessoas precisam se informar sobre isso.”

Câncer de pele

O desenvolvimento do câncer de pele está relacionado à exposição ao sol e o efeito cumulativo dos raios ultravioleta na pele, mas também a outras causas - como fatores genéticos, processos inflamatórios crônicos na pele, exposição ao arsênico, radioterapia e cicatrizes ou queimaduras.

Para ajudar a identificar um possível surgimento do câncer de pele, é preciso ficar atento, já que a doença não apresenta sintomas como dor, coceira e outros sinais incômodos.

mao mancha manchada cancer pele 1218 1400x800
Image Point Fr / Shutterstock

Por isso, a melhor maneira de identificar o câncer de pele é a partir do autoexame. "Eles podem se apresentar como qualquer lesão, com aspecto de nódulo, tumor ou mancha. Podem ser pequenos, brilhantes, lisos, escamosos e ásperos, firmes, avermelhados, com crostas ou sangramentos", alerta Cintia Otsubo, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

O tratamento para câncer de pele inclui a remoção da lesão com um quadrante de segurança e protocolos como quimioterapia, radioterapia, fototerapia, entre outros.

Câncer de pele: cuidados