Marcio Lui explica por que todos devem repousar e evitar pressa ao treinar em casa

Instagram

Em tempos de afastamento social por conta do novo coronavírus, muitas pessoas têm apostado em se exercitar em casa para, além de manter a saúde em dia, ter uma distração e fazer com que o tempo passe mais rápido.

Marcio Lui, que é personal trainer de famosas como Sabrina Sato, Yasmin Brunet e Adriane Galisteu, explica que as atividades físicas podem ser ótimas aliadas para os dias de reclusão.

"O importante, nesta fase que todo mundo está de quarentena, é se movimentar de alguma forma", explica ele, ressaltando que os exercícios, além de ajudarem nos cuidados com o corpo, afastam o sedentarismo e a ansiedade.

O profissional explica, contudo, que não basta vestir seu look fitness e sair fazendo movimentos desconhecidos ou avançados sem maiores orientações se você não é uma pessoa que já tem o costume de se exercitar. Entenda:

Cuidados com o treino em casa

treino em casa 032020 1400x798
Prostock-studio/Shutterstock

Marcio Lui explica que alguns cuidados são indispensáveis para manter uma rotina de atividades físicas saudável e segura durante este período em casa. Primeiramente, é importante respeitar os sinais de seu corpo. Sentiu dores musculares no dia seguinte do treino? Descanse e se recupere.

"Para reconstruir o músculo também é importante descansar. Não adianta você treinar com muita dor. O descanso também faz parte da sua rotina", ressalta o personal.

Mas, se você não quer ficar parada um dia inteiro, varie apostando em outras modalidades de exercícios.

"Se fez um treino funcional hoje, pode procurar ioga, alongamento ou até mesmo meditação para amanhã. Tente adicionar outras atividades que ajudem nessa rotina intercalada. O importante é procurar algo que você se identifique".

ioga em casa 032020 1400x933
fizkes/shutterstock

Lui ressalta ainda que você pode fazer duas atividades físicas no mesmo dia, porém não uma seguida da outra. Distribua as aulas em períodos diferentes e, assim, não vai sobrecarregar seu corpo.

"Você pode fazer ioga de dia, funcional à tarde ou à noite... Mas não pode fazer dois treinos seguidos. É interessante ser um de manhã e um em outro período", aponta. "Isso ajudará até mesmo sua cabeça, porque agora o negócio é trabalhar o corpo, mas também a mente, senão vai dar uma pane em todo mundo", completa.

Sinto dores nas articulações. E agora?

dor no joelho 032020 1400x933
Maridav/Shutterstock

Outra dúvida comum entre pessoas que treinam em casa e sentem algum tipo de dor nas articulações é se devem seguir com os exercícios mesmo com o incômodo. A resposta é não.

Um exemplo bastante comum de queixas é a região do joelho. "Neste caso, é importante procurar um médico para avaliar o que você tem no joelho. Se você sente o joelho, evite fazer o agachamento. Uma alternativa é encostar na parede e ficar por 15 segundos. Isso pode te ajudar bastante", indica Lui.

Outra dica para evitar dores é prestar bastante atenção à execução dos movimentos. "Não adianta fazer rápido e errado. Faça devagar e você vai começar a pegar a cadência com o decorrer do tempo. Isso é o mais importante."

Por este motivo, o personal trainer indica o treinamento funcional, que pode ser feito em qualquer lugar, sem a ajuda de acessórios e em diversos níveis de dificuldade, respeitando o ritmo de cada pessoa.

"Dá para trabalhar o corpo completo, com um gasto calórico um pouco mais alto do que uma corrida de rua ou algo parecido, por exemplo. Você só precisa do seu corpo. Mas o mais importante é se mexer de alguma forma", finaliza.

funcional em casa 032020 1400x933
YAKOBCHUK VIACHESLAV/Shutterstock

Treino em casa