Hospital de campanha em SP deve ficar pronto em menos de 10 dias

pacaembu hospital camapnha coronavirus 0320 1400x800
EDSON LOPES JR/SECOM

Para conseguir atender todos os pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), a prefeitura de São Paulo deve entregar dois mil leitos em hospitais de campanha na cidade, que estão sendo montados no estádio do Pacaembu e no Complexo Anhembi.

A previsão, segundo o prefeito Bruno Covas, é que o primeiro seja entregue em menos de 10 dias.

São Paulo terá dois hospitais de campanha para COVID-19

anhembi hospital camapnha coronavirus 0320 1400x800
EDSON LOPES JR/SECOM

O estado de São Paulo, atualmente, é o local que concentra o maior número de casos de COVID-19, segundo dados do Ministério da Saúde.

Para auxiliar o atendimento dos pacientes que precisam de internação, a prefeitura de São Paulo monta 2 mil leitos de UTI de baixa complexidade no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, e no Complexo Anhembi.

No Pacaembu, serão disponibilizados 200 leitos, enquanto no Anhembi, 1.800 leitos. A ideia, segundo Covas, é desafogar os hospitais que já estão atendendo os doentes.

Hospital pronto em 10 dias

pacaembu hospital camapnha coronavirus 0320 1400x1049
EDSON LOPES JR/SECOM

Pela previsão do prefeito, o hospital de campanha do Pacaembu deve ficar pronto para atendimento em pouco mais de uma semana.

“A ideia inicial era que a obra do Pacaembu ficasse pronta em 10 dias, mas o pessoal está correndo para finalizar já nesta sexta-feira (27), para que o espaço já comece a ser utilizado na terça-feira (31/03), com a administração da organização social do Hospital Albert Einstein”, disse Covas.

Coronavírus: como se prevenir