Brócolis e couve-flor ajudam a eliminar gordura do fígado, descobre estudo

brocolis couve flor 0520 1400x800 0
Alexander Prokopenko/Shutterstock | Lana_M/Shutterstock

Além de serem ricos em fibras, vitaminas e minerais, vegetais crucíferos como brócolis e couve-flor possuem um composto natural chamado indol que, segundo um recente estudo, ajuda a eliminar a gordura do fígado.

De acordo com os pesquisadores do instituto Texas A&M AgriLife Research, o consumo regular de brócolis e couve-flor pode contribuir para a prevenção e o tratamento da esteatose hepática não alcoólica.

O que é esteatose hepática?

figado doente cirrose 0519 1400x800
Explode/Shutterstock

A esteatose hepática, popularmente chamada de "gordura no fígado", ocorre quando o percentual de células de gordura presentes no fígado fica mais alto do que o normal, provocando o risco de complicações a longo prazo, como cirrose hepática ou problemas cardiovasculares.

A esteatose hepática pode ter várias causas, como diabetes, níveis altos de colesterol ou triglicérides, diabetes, hepatites virais e, principalmente, sobrepeso e sedentarismo.

Brócolis e couve-flor eliminam gordura no fígado

brocolis chines verdura 0919 1400x800
al1962/Shutterstock

O impacto do composto indol na saúde foi medido pelos cientistas com testes em animais e os resultados mostraram que uma dieta rica em vegetais crucíferos ajudou a reduzir significativamente o acúmulo de gordura e a inflamação no fígado.

couve flor 1400x800 0318
istetiana/shutterstock

Os pesquisadores também avaliaram um grupo de 137 indivíduos e perceberam que um Índice de Massa Corporal (IMC) mais alto está associado a níveis mais baixos de indol no sangue. Pessoas que têm gordura no fígado também apresentam insuficiência do composto, segundo o estudo.

Como tratar esteatose hepática

A esteatose hepática é considerada a doença do fígado mais comum nos países industrializados ocidentais. Sua incidência chega a 30% da população mundial, segundo informações do Hospital Israelita Albert Einstein. Como não dá sinais claros, a condição só pode ser identificada através de exames de sangue de rotina ou de imagem.

figado corpo humano 0918 1400x800
Spectral-Design/Shutterstock

Não há medicamentos específicos para tratar a gordura do fígado, mas a doença pode ser evitada e até mesmo revertida com a adoção de uma alimentação balanceada, rica em fibras e verduras e redução de gordura animal e carboidrato, além de prática regular de exercícios.

Gordura no fígado: causas e tratamentos