O acessório que tem revolucionado o prazer feminino e é maior inovação desde o vibrador

satisfyer 0220 1400x800
Satisfyer/Divulgação

Ainda que o assunto seja um tabu, ter brinquedos eróticos em casa já virou algo relativamente comum entre mulheres, mas, recentemente, um novo tipo de acessório tem “roubado” o protagonismo dos vibradores comuns. O brinquedo, no caso, é o sugador de clitóris, um aparelho que promove vibração e sucção e vem sendo descrito como uma verdadeira revolução para o prazer feminino.

Sugador de clitóris faz sucesso

O frenesi em torno do acessório é tamanho que, em janeiro, uma mulher roubou não um, mas 40 exemplares do aparelho de um sex shop no município de Callosa de Segura, na Espanha, conforme flagraram câmeras de segurança no local. Segundo o depoimento da acusada à polícia, os itens seriam presenteados às amigas dela.

O acessório em questão era o Satisfyer Pro 2 (imagem acima), que estimula o clitóris sem fazer contato direto com a pele, por meio de ondas pulsantes de pressão de ar, e conta com 11 possibilidades de pressão e 10 de vibração. Além dele, porém, há vários outros do tipo no mercado, como o Sensivibe Mini (menor e com 11 níveis de intensidade), o Go Vibe Joy (redondo e com cinco níveis de intensidade), e o Sugador Clitoriando com Bullet da Kiss Toy (que é um acessório dois em um, com dez modos de vibração e três de sucção).

sugador woman suction 0220 1400x800 0
Divulgação/Lolla Sexshop | Divulgação/Lolla Sexshop

Enquanto todas estas opções são recarregáveis, há também modelos mais simples e baratos que funcionam à pilha, como o Women Suction (da imagem acima, com dez níveis de intensidade). Neste caso, uma desvantagem é o fato de que o brinquedo exige mais cuidado para ser higienizado, já que não é à prova d'água.

Na internet, são muitos os comentários de mulheres que experimentaram e se surpreenderam com a sensação provocada pelo aparelho, ou que morrem de vontade de tê-lo - e até a cantora Anitta comentou recentemente que adquirir um desses só lhe trouxe benefícios.

Usando a ferramenta Stories do Instagram, a cantora fez vídeos colocando o Satisfyer para carregar, afirmando que tem utilizado o brinquedinho com frequência. "Isso me salvou na noite de ontem. Na verdade, me salvou na viagem inteira. Quer dizer, me salvou um monte de dias", disse ela no vídeo.

sugador clitoris pinguim satisfyer 0220 1400x800 0
Divulgação/Dona Coelha/Satisfyer | Divulgação/Dona Coelha/Satisfyer

Orgasmo em poucos minutos

O furor, porém, é justificado: além de ser recomendado por quem usa, o manual do aparelho afirma que as poderosas vibrações dele proporcionam orgasmos múltiplos e intensos em questão de minutos - e a psicóloga e terapeuta sexual Andreia Fiamoncini, da plataforma Sexo sem Dúvida, afirma que esse tipo de inovação é algo muito positivo não só para a mulher, mas para casais também.

Segundo ela, as inovações da indústria erótica são importantes de forma geral, mas ter cada vez mais acessórios com foco na estimulação clitoriana é particularmente útil. Isso porque, apesar de o clitóris ser o único órgão do corpo humano (feminino ou masculino) cuja única função é gerar prazer, muitas mulheres não conhecem o próprio corpo e acabam, por isso, tendo uma ideia muito limitada da própria sexualidade.

sugador clitoris sensivibe 0220 1400x1000
Divulgação/Dona Coelha

“O órgão de maior sensibilidade na mulher é o clitóris. Embora cultural e socialmente se entenda que a penetração é o mais relevante no sexo, na realidade, o principal objetivo da penetração é poder engravidar. Precisamos entender que ampliar nossa visão e nossas fontes de prazer só tem a contribuir para o sexo e para o relacionamento”, afirma a terapeuta, confirmando a eficácia desse tipo de sex toy.

“Os estimuladores clitorianos são ricos na obtenção de prazer direto, contribuem muito para o orgasmo e, geralmente, em pouco tempo de estimulação. Ou seja, é tipo uma varinha mágica”, explica ela. O acessório, porém, é bem caro. Aqui no Brasil, o valor do brinquedo pode variar entre R$ 199 e R$ 2,2 mil.

Como funciona?

sugador clitoris bullet 0220 1400x800 0
Divulgação/Dona Coelha/Kiss Toy | Divulgação/Dona Coelha/Kiss Toy

O objetivo dele é envolver o clitóris em um anel de material siliconado que, além de vibrar em intensidades que podem ser programadas a gosto da mulher, também oferece a sucção. Para Andreia, mulheres que não têm o costume de estimular o clitóris podem encontrar certa dificuldade em sentir prazer usando este brinquedo, mas não é preciso largá-lo de cara.

“Esse órgão pode estar pouco sensível devido à falta de estímulo, e insistir com os brinquedos é fundamental para desenvolver a sensibilidade”, afirma ela, lembrando que é importante testar a intensidade do sugador em outra parte do corpo antes de usá-lo. Após o teste, a ideia é usar a vibração mais suave para estimular o clitóris, aumentando o nível à medida que achar confortável.

dormindo sono sensual orgasmo 1117 1400x800
PeopleImages / iStock

Também pode ser interessante, segundo a terapeuta, combinar o uso do sugador com um lubrificante íntimo, mas essa escolha vai depender de testes; se a mulher não achar que a lubrificação contribui para o prazer, não é necessário usar. Além disso, a especialista recomenda não só o uso “solo” como também em casal, afirmando que isso pode contribuir para a vida sexual de ambos.

“É mais uma forma de contribuir para o prazer e facilitar o orgasmo. Além do mais, o casal pode procurar se estimular conjuntamente de outras formas, aumentando ainda mais o prazer”, conclui.

sexo pareja cama
Gpointstudio/ Shutterstock

Preço e onde comprar

Os sugadores de clitóris são facilmente encontrados em e-commerces e sex shops online. Na Amazon, por exemplo, o Satisfyer Pro 2 é vendido por R$ 549, enquanto o Sensevibe Mini custa R$ 269 e o Go Vibe Joy sai por R$ 327. A plataforma também conta com outros modelos do Satisfyer, como o Satisfyer 2 (por R$ 310) e o Satisfyer 1 (R$ 375).

Prazer feminino: tabus, dicas e mais