José Loreto descobriu diabetes tipo 1 por causa de mudança na urina

jose loreto 0919 1400x800
Globo/Estevam Avellar

Descobrir ser portador uma doença grave é uma experiência chocante em qualquer idade, mas o diagnóstico de uma condição séria na infância ou na adolescência pode ser ainda mais assustador. Pois foi isso o que aconteceu com José Loreto, aos 14 anos. Confira no vídeo abaixo como o ator aprendeu a lidar com sua diabetes tipo 1 e virou exemplo para muita gente:

José Loreto descobriu doença séria na adolescência

Quando tinha apenas 14 anos de idade, José Loreto descobriu que tinha diabetes tipo 1 e teve um grande choque. A condição foi diagnosticada por acaso, graças a uma mudança na urinação.

“Foi em uma viagem com a minha família para Natal (RN). A gente ia de ônibus para praias distantes e eu pedia para parar de meia em meia hora para fazer xixi. Achavam que eu estava fazendo graça, mas, na verdade, eu estava sentindo muita sede e bebendo muito líquido para eliminar o excesso de açúcar pela urina”, contou o ator, referindo-se a um dos sintomas comuns da doença.

A família de Loreto percebeu que de fato se tratava de diabetes quando chegaram em casa após a viagem e ele notou que formigas estavam se juntando em torno de sua urina. “Tinha muita formiga na privada e falei para o meu pai. Ele é médico e sacou na hora que era diabetes”, afirmou.

José Loreto então passou por exames e descobriu que tinha diabetes tipo 1, acometimento em que o pâncreas não consegue produzir insulina - hormônio que regula a taxa de açúcar no organismo - devido a um defeito do sistema imunológico.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, o tipo 1 aparece geralmente na infância ou adolescência, mas pode ser diagnosticado em adultos também. Essa variedade é sempre tratada com insulina, medicamentos, planejamento alimentar e atividades físicas, para ajudar a controlar o nível de glicose no sangue.

Doença ajudou o ator a ter uma vida mais saudável

Desenvolver diabetes na adolescência não foi fácil para o ator. Ele se sentia diferente dos colegas e tinha vergonha de fazer teste de glicemia e aplicar insulina. Apesar de tudo, não se revoltou e seguia direitinho as recomendações médicas.

A condição, inclusive, o ajudou a ter uma vida mais saudável. Ele passou a cuidar da alimentação e a fazer mais exercícios físicos. “Nem sempre é fácil porque vários outros fatores físicos e emocionais afetam os índices de glicose. Então, esses cuidados precisam ser diários, não dá para dormir no ponto. Mas vira uma coisa natural”, afirmou.

José Loreto demorou para se sentir seguro para falar abertamente de sua doença, mas aos poucos percebeu que era fundamental se conscientizar e que poderia ajudar muitas pessoas com sua história de vida.

Hoje, o ator é uma espécie de embaixador da diabetes no Brasil e constantemente participa de campanhas de alerta sobre a doença. “Acho importante falar disso para os jovens saberem que não estão sozinhos”, afirmou José Loreto em entrevista.

O que você precisa saber sobre diabetes