Calo no pé pode ter efeitos positivos: evita lesões, ajuda a caminhar melhor e mais

pies
Africa Studio/Shutterstock

Quando usamos calçados que deixam o calcanhar à mostra, as marcas de calos podem se tornar uma preocupação estética. Mas o que muita gente não se dá conta é que essas imperfeições na pele podem acabar trazendo vantagens para cuidar das articulações e ajudar a caminhar com mais segurança.

Segundo a Mayo Clinic, os calos são camadas de pele dura e grossa que aparecem quando a epiderme tenta se proteger da fricção e da pressão. Raramente são dolorosos e se formam mais freqüentemente na região dos pés, palmas das mãos e joelhos.

Vantagens de ter calo

É difícil acreditar que os calos têm benefícios, mas um estudo recente conduzido pela Universidade de Harvard, publicado pela revista Nature, descobriu que esse espessamento das células da epiderme confere aos pés uma proteção natural contra superfícies desconfortáveis ou escorregadias.

Além disso, pesquisadores também notaram que, apesar da dureza, a área não perde sensibilidade; a pessoa percebe superfícies quentes, objetos pontiagudos e até mudanças na postura.

untitled design 10 0
Por Astrid Gast

"Ao contrário do calçado acolchoado, a espessura dos calos não afeta a força com que os pés tocam o solo ao caminhar, além de proporcionar proteção e conforto, sem custo de sensibilidade tátil", descreve o estudo realizado pelo pesquisador Daniel E. Liberman.

Esta teoria é sustentada por outro trabalho que Liberman conduziu em 2010, e descreve que uma superfície dura age como um amortecedor. Em outras palavras, o impacto é menor, o que protege as extremidades inferiores de sofrerem qualquer lesão.

Os calos são uma resposta natural do corpo, mas se eles são combinados com outras condições como joanetes ou outras deformidades, é importante que você vá ao médico.

Cuidados com os pés

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Diana Oliva.