Alimentos antidepressivos: banana e abacate podem ajudar no combate à doença

abacate banana frutas 0719 1400x800
Sharaf Maksumov/shutterstock

Pouca gente sabe, mas existem alguns alimentos que ajudam a tratar a depressão. É claro que a alimentação não é capaz de, sozinha, tirar alguém dessa condição. Mas pode, sim, ser aliada no tratamento.

A depressão é um distúrbio mental que afeta milhares de pessoas no mundo todo e que se caracteriza por uma constante falta de energia para atividades cotidianas. Quem sofre com esse mal também tem variações de humor frequentes, falta de interesse e motivação para realizar qualquer tarefa - em qualquer âmbito da vida.

E isso tudo acontece porque o cérebro está produzindo pouca serotonina. Essa substância química é um neurotransmissor responsável por controlar inúmeras funções no organismo. Entre elas, a sensação de bem-estar.

cerebro cortex depressao 0619 1400x800
Johan Swanepoel/Shutterstock

Alimentos contra depressão

A depressão é uma doença que não possui cura definitiva, mas que pode ser tratada e ter seus sintomas controlados, garantindo assim uma vida comum ao paciente. Uma forma simples de combater o problema é cuidando da alimentação.

Segundo o Ministério da Saúde, opções como abacate e banana, por exemplo, podem ajudar a combater o problema.

Banana e abacate ajudam por quê?

banana fruta cortada 1118 1400x800
Antonova Ganna/shutterstock

O abacate e a banana ajudam a tratar a depressão porque são fonte de triptofano, um aminoácido que ajuda na produção da serotonina.

O ideal é consumir entre três e cinco porções por dia de comidas ricas em triptofano.

Além da banana e do abacate, você pode incluir no cardápio melancia, mamão, tangerina e limão.

abacate cortado fruta 1118 1400x800
barmalini/shutterstock

Quais outros alimentos são aliados?

Ainda de acordo com informações do Ministério da Saúde, outras duas outras frutas que são consideradas poderosas aliadas no combate à depressão são a laranja e a maçã. Ambas são ricas em ácido fólico, que está associado à menor prevalência de sintomas depressivos.

A laranja, especificamente, é rica em vitamina C, que promove bom funcionamento do sistema nervoso, garante energia, ajuda a combater o estresse e previne a fadiga.

Importante: Apesar de desempenhar papel importante no alívio dos sintomas da depressão, a alimentação não substitui o acompanhamento médico e o tratamento completo da condição, que pode incluir uso de remédios e terapia.

Depressão: o que saber sobre a doença